Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia

Dissertações Defendidas - 2005

Título: Avaliação das Alterações do Plano Oclusal em Pacientes Retrovertidos, Neutrovertidos e Provertidos, Portadores de Má Oclusão de Classe II, Divisão 1ª, Tratados com o Bionator de Balters.
Autor(a): Ingrid Madeira de Barros Nunes
Orientador(a): Kurt Faltin Junior
Data da defesa: 23/03/2005
Resumo: Este trabalho objetiva verificar as alterações do plano oclusal funcional de Ricketts utilizando as variáveis que orientam este plano nas análises cefalométrica de Schawrz-Faltin (1997) e Ricketts (1982) em pacientes portadores de má oclusão de Classe II de Angle, divisão 1ª, associada ao retrognatismo mandibular, cuja terapêutica indicada tenha sido a Bionatorterapia.
A amostra coletada neste estudo retrospectivo consta de 128 telerradiografias em norma lateral de 64 indivíduos retrovertidos, neutrovertidos e provertidos, de ambos os sexos, no estágio de desenvolvimento da oclusão em fase mista ou permanente jovem. A faixa etária dos indivíduos selecionados para o estudo varia entre 7 anos e 1 mês a 13 anos e 2 meses no momento T1, sendo a média inicial de 10 anos de idade. A média de duração do tratamento foi de 19,7 meses.
Os resultados foram submetidos à análise estatística e mostraram que no grupo de pacientes retrovertidos o plano oclusal gira em sentido horário, no grupo dos neutrovertidos não houve alterações significativas entre os momentos T1 e T2 e, no grupo de pacientes provertidos o plano oclusal gira em sentido anti-horário.
O controle do plano oclusal na Bionatorterapia, pelo manejo do Bionator conforme o tipo facial de cada paciente, por meio de desgastes seletivos no acrílico e consequente erupção diferenciada dos dentes, pode influenciar favoravelmente o crescimento geral da face em cada tipo facial.

Palavras-chave: Classe II; Bionator de Balters; Plano Oclusal Funcional
Área de Concentração:
Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial.


Título: “Composição e Avaliação de Aplicativo Hipermídia Como Recurso Educacional na Graduação de Endodontia”.
Autor(a): Denise Caluta Abranches
Orientador(a): Harry Davidowicz
Data da defesa: 20/04/2005
Resumo: O computador tornou-se uma necessidade no mundo em que vivemos, e o ensino representado pela universidade, na missão de preparar o aluno para a carreira profissional, sente a responsabilidade de não fechar os olhos para essa realidade. Atualmente, a presença da informática na didática do ensino representa novas configurações e metodologias para a condução do processo de ensino e aprendizado, bem como a difusão das diferentes formas de conhecimentos. No desenvolvimento da computação, a hipermídia retrata com fidelidade, som, texto, imagem e animação. Aplicados em sala de aula esses recursos caracterizam interatividade e interferência na sequência de apresentações. Frente a esta nova temática, o presente estudo teve como objetivo a introdução de um CD-ROM como coadjuvante no estudo da Endodontia, especificamente a técnica endodôntica, a fim de verificar os benefícios da hipermídia dentro do contexto educacional. A hipermídia em formato de CD-ROM foi desenvolvida a partir da coleta de todo material endodôntico, bem como o tratamento das mídias com o auxílio de softwares específicos. Possibilitando assim, a realização de um arquivo auto-executável quando inserido no drive do computador, permitindo uma navegação da hipermídia de forma não linear pelo usuário. A avaliação do CD-ROM foi realizada com alunos da disciplina de Endodontia onde foi verificada a sua aplicabilidade. Os resultados estatísticos mostraram que o uso da hipermídia pode ser uma ferramenta motivadora no ensino da Endodontia.

Palavras-chave: Hipermídia, Educação, Endodontia.
Área de Concentração: Endodontia
Linha de Pesquisa: Diagnóstico e Terapia Endodôntica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq:


Título: Análise Comparativa da Radiografia Convencional e Digital Direta da Região de Pré-Molares Superiores Frente a Diferentes Técnicas Localizadoras.
Autor(a): Márcia Regina Ramalho da Silva Bardauil
Orientador(a): Abílio Albuquerque Maranhão de Moura
Data da defesa: 28/04/2005
Resumo: A Radiografia é um dos principais recursos auxiliares de diagnóstico para o cirurgião dentista. Em qualquer especialidade é importante que a imagem seja precisa e de boa qualidade, particularmente na Endodontia, especialista que se utiliza tão somente deste recurso para o conhecimento anatômico do órgão dental e das estruturas circunvizinhas. No que compete à estrutura anatômica do elemento dental, ressalta-se a importância em saber o número de raízes e o número de canais, os quais frequentemente apresentam-se superpostos, dificultando sua observação. Com a evolução tecnológica, a radiografia digital direta, proposta em 1989, é uma realidade nos consultórios dentários e vem ocupando um espaço importante como meio de diagnóstico complementar. Este estudo comparou as técnicas do Paralelismo de Walton e de Moura -- para os dentes pré-molares superiores nos sistemas radiográficos, convencional e digital direta -- com filme Ingight e sistem RVG-ui (Trophy, França), respectivamente, a fim de comparar o grau de confiabilidade de dissociar as raízes vestibular e palatina. Vinte pacientes foram radiografados em ambos os sistemas com as três diferetes técnicas, totalizando 120 imagens. Dois examinadores avaliaram a melhor imagem de cada técnica e estimaram a distância dos ápices dentários. Para a radiografia convencional foi utilizada régua plástica milimetrada e lupa com 2X de magnificação; para a RVG, a ferramenta foi a régua digital do próprio programa. Os resultados estatísticos mostraram que a Técnica de Moura foi superior às demais técnicas em ambos os sistemas e a qualidade das imagens RVG foi semelhante às radiografias convencionais, embora a RVG tenha demonstrado significância clinica. Com relação à aplicabilidade, as três técnicas se mostraram de fácil uso, em ambos os sistemas, havendo, porém, maior dificuldades na adaptação do sensor em palatos rasos e/ou de curvatura acentuada.

Palavras-chave: Radiografia convencional; Radiografia digital; Técnicas radiográficas.
Área de Concentração: Endodontia
Linha de Pesquisa: Diagnóstico e Terapia Endodôntica
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Diagnóstico e terapia em Endodontia.


  Título: Estudo In Vitro da Resistência à Remoção de Grampos Circunferenciais de Prótese Parcial Removível em Titânio Tipo IV, Com Diferentes Graduações, Utilizados por um Determinado Período de Tempo”.
Autor(a): Hedilso César Rigo Gaddini
Orientador(a): Cíntia Helena Coury Saraceni
Data da defesa: 29/07/2005
Resumo: Este estudo, utilizando grampos circunferenciais fundidos em Titânio tipo IV (Remantitan-Dentaurum), objetivou verificar as forças de retenção dos grampos em três graduações diferentes, 0,25mm, 0,50mm e 0,75mm que foram ciclados mecanicamente para simular um determinado período de tempo. As medidas foram registradas em uma máquina de ensaio universal, em três períodos diferentes, início, 2190 ciclos e 5475 ciclos. Após análise dos resultados, concluiu-se que as três graduações estudadas para liga de Titânio tipo IV, apresentaram resistência à remoção satisfatória ao final do período de tempo máximo simulado, o que viabiliza a utilização em prótese parcial removível.

Palavras-chave: Retenção em prótese dentária; Grampos circunferenciais; Titânio; Prótese parcial removível.
Área de Concentração: Diagnóstico Bucal – Semiologia
Linha de Pesquisa: Epidemiologia e prevenção das patologias bucais; saúde coletiva.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Biocompatibilidade e propriedades físicas de materiais odontológicos.


Título: Avaliação cefalométrica de pacientes portadores de sobremordida profunda, tratados com Bite Turbo
Autor(a): Alexandre Augusto Melo Cortese
Orientador(a): Adolpho Chelotti
Data da defesa: 17/08/2005
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar as alterações cefalométricas provenientes do tratamento da sobremordida profunda com o Bite TurboÒ. Dos 14 pacientes, os 07 tratados com o Bite TurboÒ fizeram parte do grupo experimental e os outros 07 do grupo controle, ambos acompanhados ao longo de um período médio de 9 e 9,3 meses respectivamente. Para tanto, foram analisadas as telerradiografias em norma lateral, obtidas no início e no fim do tratamento.  Houve aumento estatisticamente significante nos valores médios para as seguintes medidas lineares: 6-pl.palatino, 6-pl.mandibular, 1-pl.mandibular, e também para as seguintes medidas angulares: altura facial total e profundidade facial. Já a diminuição dos valores médios da medida linear denominada sobremordida vertical foi estatisticamente significante. O valor médio da medida linear 1-pl.palatino diminuiu, porém tal diminuição não foi estatisticamente significante.Já os valores médios das medidas angulares AFAI, inclinação do plano oclusal, eixo facial, ângulo do plano mandibular e ângulo interincisivo aumentaram, porém tais aumentos não foram estatisticamente significantes.

Palavras-chave: Sobremordida,Bite Turbo, Ortodontia
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial


Título: “ Estudo Comparativo das Análises de Modelo nos Métodos Direito e Digitalizado Tendo-se Como Variável a Curva de Spee”.
Autor(a): Roberto Hiroshi Matsui
Orientador(a): Claudio Costa
Data da defesa: 24/08/2005
Resumo: Com o desenvolvimento de novos programas computadorizados, que facilitam o trabalho e os cálculos voltados ao planejamento ortodôntico, devemos levar em conta que distorções podem surgir em imagens digitalizadas. A análise de modelos de estudo é uma avaliação tridimensional dos arcos dentários e da relação oclusal, fundamental ao plano de tratamento. As análises de modelo podem ser executadas pelos métodos direto ou digitalizado, onde os pontos de interesse são marcados e enviados para  programa visando diferentes análises. O método direto de análise de modelo envolve maiores variáveis relacionadas com a habilidade do operador na aquisição e análise dos dados. O objetivo deste trabalho é determinar as diferenças entre as análises para os métodos direto e digitalizado. Os materiais consistem de modelos de estudo inferiores com curva de Spee acentuada, scanner, computador e programa, fio de latão, compasso de ponta seca, régua milimetrada e paquímetro digital. Os resultados demonstram que o método digitalizado projeta a imagem tridimensional (3D) em um único plano bidimensional (2D), com medidas discrepantes e estatisticamente diferentes (nível 5%) quando comparadas aos valores obtidos pelo método direto.
A conclusão demonstra que no método digitalizado não são considerados os espaços de 2ª ordem (ex: curva de Spee), mas os eventos de primeira ordem são computados (ex: Bolton) enquanto no método direto as medidas do espaço requerido são maiores do que as encontradas no método digitalizado, onde tais espaços são subestimados pela projeção bidimensional das imagens utilizadas. Quanto a medições da discrepância do tamanho dentário, não houve significância estatística.

Palavras-chave: Análise de modelo; Curva de Spee; Análise de Bolton.
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial


Título: Estudo Comparativo In Vitro da Força de Adesão e dos Índices de Adesivo Remanescente de Dois Compósitos, um Autopolimerizável Específico Para a Fixação de Braquetes e Um Fotopolimerizável Não Específico, Aderidos ao Esmalte em Dentes Bovinos.
Autor(a): Sergio Lagrutta Machado
Orientador(a): Adolpho Chelotti
Data da defesa: 24/08/2005
Resumo: O objetivo deste estudo foi comparar a resistência à força de adesão e o índice de adesivo remanescente (IRA) de um material compósito específico para fixação de braquetes autopolimerizável Concise Ortodôntico ® (3M-UNITEK), com um material compósito fotopolimerizável TPH ® (Dentsply) que não possui indicação específica para fixação de braquetes, porém, vem sendo utilizado clinicamente na Odontoclínica Central da Marinha. A amostra consistiu de 20 incisivos centrais superiores permanentes bovinos divididos em dois grupos. No primeiro grupo efetuou-se a fixação de 10 braquetes com Concise Ortodôntico ® (3M-UNITEK) e no segundo grupo, 10 com o compósito TPH ® (Dentsply) para o mesmo fim. Após a colagem, as amostras foram armazenadas imersas em água destilada deionizada e mantidas em estufa (Quimis) a 37 ± 1ºC, com 100% de umidade, por 7 dias. Foi feito o ensaio de cisalhamento e a avaliação do IRA de toda a amostra. Como resultado deste trabalho, foi possível concluir que não houve diferença estatisticamente significante quanto à resistência ao cisalhamento dos dois grupos p = 0,166 (p > 0,005) e foi observado que houve fratura na interface dente/adesivo na ordem de 20% e 8% para o Concise Ortodôntico ® (3M-UNITEK) e TPH ® (Dentsply) respectivamente.

Palavras-chave: Resistência à força de adesão; Fixação de braquetes; Compósito autopolimerizável específico; Compósito fotopolimerizável não específico; Índice de adesivo remanescente
Área de Concentração: Clínica Infantil – Ortodontia
Linha de Pesquisa: Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Estudos aplicados à Ortodontia - Ortopedia Facial.


Título: Aplicação da Regeneração Tecidual Guiada em Cirurgia Paraendodôntica.
Autor(a): Gabriel Augusto Pereira de Castro Cassiolato
Orientador(a): Abílio Albuquerque Maranhão de Moura
Data da defesa: 14/09/2005
Resumo: A cirurgia paraendodôntica é o último recurso disponível para a eliminação de um processo infeccioso de origem endodôntica que não regride como tratamento endodôntico convencional. Entretanto, em determinadas situações como nas lesões periapicais extensas, perda do tecido ósseo marginal, lesões endoperiodontais e ausência das corticais ósseas vestibular e lingual, o processo de cicatrização pode ocorrer através da reparação tecidual, com formação de fibrose cicatricial e formação de epitélio juncional longo nas lesões endoperiodontais, ou mesmo, não ocorrer, com o desenvolvimento de uma bolsa periodontal e consequente persistência do processo infeccioso. A Regeneração Tecidual Guiada é uma técnica cirúrgica que consiste na utilização de uma barreira mecânica que tem como finalidade impedir a migração das células do tecido epitelial e do tecido conjuntivo frouxo, permitindo que somente células desejáveis ocupem os tecidos injuriados, guiando, dessa forma, a regeneração tecidual. Recentemente, a RTG, amplamente utilizada na Periodontia, tem sido aplicada, também, em cirurgias paraendodônticas, com o intuito de criar um ambiente favorável para a regeneração dos tecidos periapicais, incluindo a completa formação óssea, formação de cemento radicular e um novo aparato de inserção, principalmente nesses casos de prognóstico desfavorável, em que normalmente ocorre a invasão de tecidos não-osteogênicos. O objetivo desse trabalho foi descrever os conceitos e a importância dessa técnica nas cirurgias paraendodônticas e após análise de extensa revisão da literatura, concluiu-se que a técnica da RTG promove a regeneração dos tecidos periapicais, facilitando a formação óssea, especialmente nos casos citados, onde a rápida proliferação do tecido conjuntivo acaba ocupando o espaço no lugar do tecido ósseo, além de impedir a formação de ligamento periodontal e cemento radicular.

Palavras-chave: Regeneração Tecidual Guiada; Formação óssea; Membrana; Endodontia
Área de Concentração: Endodontia
Linha de Pesquisa: Diagnóstico e Terapia Endodôntica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Diagnóstico e Terapia Endodontica.


Título: “ Estudo Comparativo Das Alterações Anatômicas Promovidas Pelas Técnicas Do Preparo Progressivo, Escalonada e Seriada Em Canais Mésio-Vestibulares De Dentes Molares Inferiores Com Curvatura Severa”.
Autor(a): Isa Geralda Teixeira Constante
Orientador(a): Abílio Albuquerque Maranhão de Moura
Data da defesa: 13/10/2005
Resumo: O propósito desse estudo foi comparar, in vitro, as alterações anatômicas promovidas nas paredes dentinárias de canais mésio
- vestibulares com curvatura severa de dentes molares inferiores, após o uso de três técnicas endodônticas. - Preparo Progressivo, Escalonada e Seriada - através de análise computadorizada de imagens radiográficas digitais. Foram selecionados 45 dentes molares inferiores humanos extraídos, com curvaturas radiculares superiores a 25°, que foram divididos em três grupos de 15 dentes para cada técnica estudada, e cada grupo foi subdivididos em três subgrupos de acordo com a posição da curvatura ao longo da raíz: cervical, mediana e apical. Após cirurgia de acesso e odontometria pelo método visual, os canais mésio-vestibulares foram preenchidos com contraste radiológico de sulfato de Bário a 100% e os dentes, então, foram radiografados por um sistema de radiografia digital direta, utilizando-se um aparato especial capaz de manter as amostras na mesma posição espacial nas diferentes tomadas radiográficas. Após a realização das técnicas endodônticas supracitadas, os dentes foram novamente preenchidos com o sulfato de Bário e também radiografados nas mesmas condições anteriores. As imagens digitais pré e pós-operatórias foram então analisadas em dois programas computadorizados: o AutoCAD 2004® e o CorelDraw 10®, para verificar, respectivamente, as áreas e as alterações horizontais ocorridas nas paredes internas e externas dos canais radiculares. Os resultados indicaram que, apesar de não ter havido diferenças significantes entre as técnicas na análise estatística, em uma análise descritiva a técnica do Preparo Progressivo mostrou-se mais regular, uniforme e eficaz.

Palavras-chave: Tratamento do Canal Radicular; Alterações anatômicas; Técnica manual.
Área de Concentração: Endodontia
Linha de Pesquisa: Diagnóstico e Terapia Endodôntica.
Grupo de Pesquisa da UNIP cadastrado no CNPq: Diagnóstico e Terapia Endodôntica.