Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia

APRESENTAÇÃO

Objetivos

  • Promover a formação de pesquisadores para responder cientificamente às necessidades da área odontológica.
  • Qualificar docentes para o ensino superior.
  • Atribuir o título de Mestre ou Doutor em Odontologia.

Histórico

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia da Universidade Paulista, nível de Mestrado, iniciou suas atividades em 1992 e foi credenciado pela CAPES em 30 de julho de 1998.
Para a melhoria da qualidade do Programa, diversas medidas foram tomadas, desde a alteração nas áreas de concentração, linhas de pesquisa e atualização da estrutura curricular, objetivando sempre maior coerência entre áreas de concentração, linhas e projetos de pesquisa docentes e discentes. Também, com base nos requisitos determinados pela Comissão de Área da CAPES para um docente permanente com perfil e produção intelectual necessários para a obtenção de conceito 4 (quatro), foi realizada sistemática adequação e renovação do corpo docente.
Como resultado, houve melhoria em todos os indicadores, culminando na obtenção do conceito 4 e aprovação do Doutorado, Área de Concentração: Clínica Odontológica, em 2015, e início de suas atividades nesse mesmo ano, no segundo semestre letivo.
O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia, nível de Mestrado e Doutorado, continuará a trajetória de constante adequação e aprimoramento de acordo com as orientações e recomendações da CAPES, a fim de oferecer um curso de excelência, que proporcione a inserção de docentes qualificados e atualizados no mercado de trabalho e que atendam às demandas da sociedade e do país.

Área

Odontologia

Áreas de Conhecimento

  • Biomateriais
  • Cirurgia Bucomaxilofacial
  • Dentística
  • Diagnóstico Bucal – Semiologia
  • Implantodontia
  • Laser
  • Ortodontia
  • Prótese
  • Periodontia

Áreas de Concentração

Clínica Odontológica

Linhas de Pesquisa

Linha 1 - Estudos dos mecanismos relacionados à ocorrência das condições do sistema estomatognático 
Essa linha de pesquisa visa estudar as avaliações imunoenzimáticas, os marcadores biológicos e os indicadores sistêmicos relacionados à resposta biológica do hospedeiro ao desenvolvimento e progressão das doenças bucais.

Linha 2 - Prevenção, terapêutica e materiais relacionados às condições do sistema estomatognático
Essa linha de pesquisa visa avaliar e propor métodos e materiais a serem aplicados na prevenção de doenças bucais, bem como indicar diferentes abordagens terapêuticas para o tratamento das diversas doenças que acometem o sistema estomatognático.

Infraestrutura

A infraestrutura, especialmente no que diz respeito aos equipamentos dos laboratórios de pesquisa, é constantemente atualizada e adequada a partir das necessidades dos pesquisadores, com apoio institucional e com verbas obtidas junto às agências de fomento.

O Programa conta com boa infraestrutura laboratorial que supre a área de concentração existente. A Universidade disponibiliza para o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia laboratórios e centros que são compartilhados com outros Programas de Pós-Graduação na área de Saúde.

Laboratórios

  1. Laboratório para Pesquisas: Ao longo dos últimos anos, foram adquiridos os seguintes equipamentos: 2018: Minicentrífuga  Modelo: K14-060- Kasvi (R$1.099,00 - Fapesp 2016/12758-3); Banho maria Modelo: 201010 -Thoth Equipamentos (R$ 1.500,00 -Patrimônio: 01192230). Os demais já existentes são:          1. Nanodrop lite – Spectrophotometer - Thermofisherscientific (R$ 17.000,00 – FAPESP - 2013); 2.  Minicentrífuga mca(R$1.100,00 – FAPESP 2013); 3. Banho-maria digital (R$ 1.600,00 – FAPESP – 2013); 4.  Freezer (R$ 1.600,00 – FAPESP – 2014); 5. Estereomicroscópio - C-os - Nikon Instruments Inc. (R$ 7.000,00 – FAPESP - 2014); 6. Balança de precisão (R$ 2.000,00 – FAPESP – 2014); 7.  Cuba de eletroforese (R$ 1.465,00 – FAPESP – 2014); 8. Minicentrífuga (R$ 840,00 – FAPESP – 2014); 9. Vortex (2 X R$ 637,00 – FAPESP -2014); 10. Micro-ondas (R$ 560,00 – FAPESP – 2014); 11. Cabine de Fluxo Laminar Vertical - MINI-V – Telstar (R$ 13.000,00 – 2015 - CNPq); 12. Real-Time PCR System - Light Cycler 96 – Roch (R$ 90.000,00 – FAPESP - 2015); 13. Agitador Magnético com aquecimento (R$ 1.700,00 – CNPq – 2015); 14. Micro-homogeinizador (R$ 2.850,00 – FAPESP – 2016); 15. Mini plate Spinner (R$ 3.350,00 – FAPESP – 2016); 16. Centrífuga MCA (2 unidades) - 1-14K – Sigma (R$ 63.500,00 – FAPESP - 2016); Micro-pipetas (R$ 12.690,00 - FAPESP – 2013,2014 Minicentrífuga 6400RPM Bivolt (R$ 1,099.00 - FAPESP: 2016/12758-3
    Demais equipamentos adquiridos entre 2010-2012: 1. Microscópio Eletrônico de Varredura - Jsm-6510 mca – JEOL; Metalizadora - Mca desk v – JEOL; Vaporizador de carbono - Desk yarn - JEOL (R$ 287.419,24 – verba UNIP - 2011); 2.Microdurômetro - FM-700 - Future-tech (R$ 140.000,00 – FAPESP-2010);3.Máquina Universal de Ensaios MCA - KE. 2.000MP – KRATOS (R$ 38.400,00 – UNIP - 2011);4. Luminex – MAGPIX – Millipore (R$ 112.500,00 – FAPESP - 2011); 5.Cortadeira Isomet 1000 – 112180 – Buehler (R$ 24.508,00 – UNIP - 2010); 6. Capela para exaustão (R$ 1.900,00 – verba UNIP -2010); 7. 10. Leitora de Microplacas - Tp- reader fse – Thermoplate (R$ 19.500,00 – FAPESP  2011); 8. Extensômetro –R$ 35.000,00 - FAPESP – 2012; 9. balança analítica (A6200 –Gehaka); 10. centrífuga (80-2b – 5mL – Centribio); 11. banho-maria para tubos (60 tubos – Labtec); 12. capela de exaustão (Permution); 13. balança eletrônica (BK3000 – Gehaka); 14. agitador magnético (78HW-I – Biomixer); 15. agitador vórtex (QL-901 – Biomixer); 16. banho ultrassônico; 17. embutidora para amostras (Maxipress – Solotest); 18. cortadeira elétrica (Maxicut – Solotest); 19. politriz (Maximiller – Solotest); 20. estufas de secagem e bacteriológica (81 e 150L – Fanem); 21. paquímetro digital; 22. deionizador; 23. peagâmetro; 24. pipetadores semiautomáticos; 25. leitor Elisa; 26. rugosímetro Surtonic 25.
  2. Laboratório de Biologia Celular e Molecular, com área de aproximadamente 200 m², dividida em três subáreas: Biologia Celular, Biologia Molecular e Agentes Infecciosos. Além de material de consumo, bancadas e outras facilidades básicas, o laboratório conta com os seguintes equipamentos: MAGpix (Luminex Corporation); agitador de tubos, autoclaves (Phoenix); balança analítica (Gehaka); cabine classe II - A1 para manipulação de micro-organismos (Pachane); câmera digital para Fotodoc de gel (SP 500-UZ - Olympus); centrífuga Excelsa Baby I (Fanem); centrífuga refrigerada (5804R – Eppendorf); destilador TE2755 (Tecnal); três estufas bacteriológicas (duas 502- Fanem e uma AL510 – American Lab); duas estufas de esterilização (AL500 – American Lab); duas fontes para eletroforese (EPS301 – Amersham Biosciences); quatro freezers verticais (240 Brastemp); cinco geladeiras (411L – DF48 – Electrolux); capela com Visor de LCD para documentação de Gel (Feldman Wild Leitz); incubadora de CO² (TE399- Tecnal); máquina de gelo (EGE160-Everest); três mesas agitadoras orbitais (TE141 – Technal); microcentrífuga (MiniSpin Plus 5453 – Eppendorf); microscópio Trinocular (PrimoStar – Zeiss); microscópio Contraste de Fases e Fluorescência (Axiovert 40C – Zeiss); duas minicubas horizontais para Eletroforese (HE33-Amersham Biosciences); micro-ondas (NHS56BH – Panasonic); micropipetas (FAPESP 06/61171-3), sendo cinco de 0,5-10µL(Finnipipette – Labsystems, epResearch 10 – Eppendorf, Microman M10 – Gilson, quatro de 10 a 100 µL (epResearch 100 – Eppendorf e epResearch 2100 – Eppendorf), quatro de 100-1000 µL (epResearch 1000 – Eppendorf e epResearch 2100 – Eppendorf), duas de 2-20 µL (Pipetman P200 – Gilson), duas de 30 a 200 µL (Pipetman P200 – Gilson), duas de 250 µL (Pipetman F250 – Gilson), duas de 1000 µL (Pipetman F1000 – Gilson), uma de 10-50 µL (3002 – Oxford), uma de 200-1000 µL (3004 – Oxford); micropipeta multicanal (8 canais 5-500 µL – Boeco); Transiluminador Foto / UV 21 (3-3025 – Fotodyne), Osmose Reversa e Mili-Q (Direct Q3 – Millipore), pHmetrodigital de bancada microprocessado (PG1800 – Gehaka); ( Pipet-Aid) (Midi Plus BioHit - FAPESP 06/54343-2); Rotor Ângulo Fixo (30 tubos de 1,5-2 mL e 6 tubos de 85mL F45-30-11 – Eppendorf); Sistema de Análise de Géis (GelQuant v2.7 – Bio-Imaging Systems); dois Termocicladores (Mastercycler e Mastercycler Gradient – Eppendorf).
  3. Biotério e Laboratório de Experimentação Animal: infraestrutura que permite o cumprimento de todas as exigências para pesquisa com animais.
  4. Herbário UNIP e o Laboratório de Botânica que recebem as amostras de plantas da Mata Atlântica e da Amazônia e realizam a identificação taxonômica de cada espécime, sob supervisão do curador do herbário. O Herbário UNIP é registrado no Index Herbariorum, importante entidade internacional que regulamenta as atividades da área.
  5. Laboratório de Extração de princípios ativos de plantas da região Amazônica e Mata Atlântica, com propriedades terapêuticas para estudos in vitro e in vivo. O laboratório está equipado com capelas tipo Walk in, moinho de facas marca Thomas, 1 estufa com circulação de ar marca Fanem, 2 balanças analíticas marcas Ohaus e Mettler, 1 balança eletrônica marca Marte, 1 sistema Milli-Q de purificação de águas (Millipore), 5 rotaevaporadores (marca Buchii), 1 bomba de vácuo (marca Edwards), 1 banho ultrassônico, 1 manifold para secagem de amostras, 1 chiller acoplado aos rotaevaporadores marca Neslab, 1 câmara fria – 20 °C, 1 freezer -70 °C marca Revco, 2 liofilizadores de bandeja marcas Virtis e Labconco.
  6. Laboratório de Microbiologia que visa à identificação de extratos vegetais ativos contra bactérias de importância para humanos e em animais. O laboratório conta com 2 estufas com regulagem de temperatura marcas Fanem e De Leo; 1 câmara de fluxo laminar marca Veco; 1 microscópio óptico marca Zeiss; microteca de micro-organismos: Staphylococcus aureus, Streptococcus mutans, Streptococcus sanguis, Enterococcus faecalis, Candida albicans, Escherichia coli, Pseudomonas aeruginosa, Porphyromonas gingivalis e Prevotella intermedia; 6 micropipetas de volumes variados; multicanal marcas Mettler e Eppendorff; 1 pipetador automático marca Eppendorff; 2 geladeiras domésticas marca Electrolux; 1 micro-ondas marca GE; 3 dissecadores, sistemas de anaerobiose; 1 turbidímetro; pHmetro; material de consumo e vidraria.
  7. Laboratório de Fitoquímica no qual são realizados os fracionamentos e a purificação de compostos oriundos dos extratos vegetais. O laboratório conta com: 1 preparador de placas, 1 espectrofotômetro UV-VIS marca Femto acoplado a computador, colunas cromatográficas de vidro de várias dimensões, reagentes específicos, 2 capelas, sílica para cromatoplacas e para coluna, Sephadex LH20, sílica C-18 para coluna, seringas de HPLC marca Phenomenex, vidraria, solventes, reagentes, 3 agitadores magnéticos com aquecimento, lâmpada para revelação UV 254 e 366 nm, secador de cabelo, capilares, 1 cromatógrafo líquido de alta eficiência analítico marca Agilent, 1 cromatógrafo a gás marca Agilent.
  8. Laboratório de Triagem Antitumoral no qual são realizados os ensaios de citotoxicidade, com o objetivo de se identificar extratos que inibem o crescimento de tumores humanos, in vitro, segundo padrão internacional. Os equipamentos do Laboratório de Triagem Antitumoral, assim como os materiais de consumo utilizados nos experimentos, foram financiados pela FAPESP (valor: US$ 104.525,97).O laboratório conta com: 1 centrífuga marca Eppendorff, 1 geladeira marca Electrolux, 1 freezer marca Electrolux, 1 leitor de microplacas de 96 poços marca Biotek, 1 lavador de microplacas de 96 poços marca Biotek, 1 pipetador automático marca Eppendorff, 2 micropipetas multicanal marca Biohit e pipetas marca Eppendorf, 1 cilindro de Nitrogênio líquido, 1 microscópio óptico marca Zeiss, 1 microscópio invertido marca Zeiss, 1 incubadora dupla marca Forma, 1 câmara de fluxo laminar BL-2 marca Forma, pHmetro, 1 agitador para microplacas e material de consumo.
  9. Clínica Odontológica da Pós-Graduação destina-se à pesquisa clínica e atendimento a pacientes com objetivo de preparar material didático. A clínica, devidamente climatizada, conta com 20 consultórios odontológicos completos, além de motores para implantes, microscópio clínico, raios-X, negatoscópio e toda a infraestrutura básica para o seu funcionamento.
  10. Centro de Detecção e Prevenção de Câncer Bucal equipado com consultório odontológico completo, equipamento para filmagem e gravação, que possibilita gravação de intervenções e transmissão ao vivo para o teatro, anfiteatro e/ou salas de aula da pós-graduação e graduação. Nesse Centro, alunos de graduação e pós-graduação atuam orientados e supervisionados por professores do Programa.
  11. Centro de Laser Odontológico que contém um laser de alta potência Nd: YAG (FAPESP 95/05322-6) e quatro aparelhos de baixa potência (Diodo AsGaAl; Diodo associado à LED).
  12. Centro Cirúrgico com duas salas de procedimentos, ve stiários para paciente e profissional, salas de expurgo e antissepsia, equipamentos para sedação com óxido nitroso.
  13. Centro de Esterilização com autoclaves e estufas.
  14. CEAPE – Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais, com equipamentos odontológicos para atendimento de pacientes com necessidades especiais e pacientes portadores do vírus HIV.
  15. Salas para aulas teóricas e seminários: a UNIP disponibiliza, tanto no prédio das clínicas quanto na pós-graduação, salas para aulas teóricas, climatizadas, com microcomputadores, projetores multimídia, DVDs, telas, mesas e cadeiras.
  16. Sala de alunos: o Programa disponibiliza sala para reunião e estudos para alunos, climatizada, com mesas, cadeiras, microcomputadores com acesso à internet de alta velocidade incluindo o sistema wireless, scanner e impressora.
  17. Sala dos professores: os docentes do Programa contam com uma sala para reunião e orientação de alunos, climatizada, com mesas, cadeiras, microcomputadores com acesso à internet de alta velocidade incluindo o sistema wireless, scanner e impressora.
  18. Salas para Qualificações e Defesas: são disponibilizadas duas salas climatizadas, com projetores multimídia, microcomputadores, telas, cadeiras estofadas, mesa de cinco lugares destinada à Banca Examinadora.
  19. Secretaria de Pós-Graduação que dá suporte aos alunos e professores do Programa.
  20. Auditórios: no prédio da Pós-Graduação há três auditórios com capacidade de 50, 150 e 600 lugares, com toda a infraestrutura para a realização de cursos e eventos.

Recursos de informática

O Laboratório de Informática, salas de alunos e de professores estão equipados com computadores interligados à rede de informática da UNIP, com acesso à internet de alta velocidade, incluindo o sistema wireless, correio eletrônico e rede da biblioteca, o que permite o acesso a todo o acervo bibliográfico da Universidade.

A UNIP disponibiliza para os alunos de Pós-Graduação um laboratório de informática que contém 20 microcomputadores, 01 impressora e técnico de informática à disposição.

Todos os computadores possuem softwares de última geração para a realização de análises estatísticas, confecção de material didático, banco de dados e editores de texto.

Biblioteca

A organização das bibliotecas da UNIP tem como objetivo atender às necessidades dos cursos e demais atividades da Universidade, dando suporte ao ensino e à pesquisa. No cumprimento desse objetivo, destaca-se a disponibilização do Portal de Periódicos da CAPES para toda a comunidade acadêmica. Alunos e professores podem consultar livros, monografias, teses, vídeos, CD-ROMs e periódicos por intermédio de um sistema totalmente revolucionário, pois as bibliotecas já estão estruturadas de forma a dar suporte ao ensino e à pesquisa, dentro de uma organização multicampi. As bibliotecas setoriais (uma em cada campus) são controladas por uma unidade central de informações via Intranet (rede privada que utiliza os mesmos recursos da Internet). Todas as bibliotecas da instituição são interligadas on-line pela Internet, possibilitando o uso pleno dos serviços e recursos por um universo maior de usuários, durante 24 horas por dia, e respeitando a descentralização dos acervos, necessária devido às diferentes localizações dos campi.

A Universidade possui, para consultas de seus usuários, bases de dados nacionais e internacionais, assim como outros recursos de informática que agilizam os serviços de levantamento e comutação bibliográfica. Para manter um acervo qualitativo e quantitativamente bem dimensionado, as bibliotecas da UNIP têm investido maciçamente na aquisição de livros, periódicos, material multimídia, etc. Atualmente contamos com 1.170.943 exemplares dos mais variados títulos.

1) Formas de Acesso e de Utilização do Acervo
O acervo da Biblioteca Central é franqueado aos usuários, disponibilizado para empréstimo domiciliar e consulta local, com acesso on-line 24 horas para os serviços de consulta, renovação e reserva do material bibliográfico.

2) Serviços Especiais ao Usuário
Bases de Dados On-line: https://www.unip.br/presencial/servicos/biblioteca/base_dados.aspx.
Acesso restrito à comunidade universitária da UNIP.

  • a) Multidisciplinar
    EBSCO Discovery Service – EDS
    O EDS é uma ferramenta de pesquisa e descoberta que agrega grande parte das fontes de informação eletrônicas acessíveis por meio do portal da UNIP, tais como: bases de dados de artigos científicos; livros eletrônicos; conferências; relatórios técnicos, etc.
  • b) Periódicos
    FULL TEXT FINDER
    É uma ferramenta para gerenciamento de títulos de periódicos. Fornece um modo simplificado para encontrar o texto completo dos periódicos eletrônicos da UNIP, independente de onde estes recursos estiverem localizados - nos sites dos editores, dentro de bases de dados, ou até mesmo em portais de busca.

3) Base de Dados

  • a) DENTISTRY & ORAL SCIENCES SOURCE: Abrange todas as áreas relacionadas à odontologia, incluindo assistência odontológica pública, endodontia, dor e cirurgia facial, odontologia, patologias/cirurgias/radiologias oral e maxilofacial, ortodontia, odontologia pediátrica, periodontia e prostodontia. A base de dados é atualizada semanalmente no EBSCOhost.
  • b) GALE - ACADEMIC ONEFILE: Coleção de periódicos com texto completo e referências nas áreas de Ciências Exatas, Tecnologia, Ciências Médicas, Ciências Sociais Aplicadas, Artes e Humanidades.
  • c) SCIENCE DIRECT: Estão disponíveis publicações da Elsevier e de outras editoras científicas, cobrindo as áreas de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias, Ciências Exatas e da Terra, Engenharias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e Letras e Artes.
  • d) SCIENCEDIRECT - E-Books Backlist e Livros em Português: Livros em português e Backlist de e-books da Elsevier de 1995-2008 e de outras editoras científicas cobrindo várias áreas de conhecimento. Inclui monografias, enciclopédias e anais de conferências publicadas.
  • e) SPRINGERLINK: Coleção de publicações com ênfase nas áreas de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Agrárias e Ciências Exatas e da Terra. Clique no título desejado para folhear os fascículos e consultar os resumos e os textos completos dos artigos.
  • f) WILEY ONLINE LIBRARY: Esta coleção cobre as áreas de Ciências Biológicas, Ciências da Saúde, Ciências Exatas e da Terra, Ciências Agrárias, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e Linguística, Letras e Artes.

4) Serviços Oferecidos aos Usuários
São oferecidos à comunidade acadêmica os seguintes serviços: consulta local, empréstimo domiciliar, empréstimo entre bibliotecas via serviço de malote, reserva e renovação on-line, capacitação de usuários, visita monitorada, COMUT – Programa de Comutação Bibliográfica e SCAD- Serviço Cooperativo de Acesso a Documentos, orientação e normalização de trabalhos acadêmicos, pesquisa e levantamento bibliográfico, serviços de pesquisa e impressão on-line, elaboração de fichas catalográficas (https://www.unip.br/servicos/ biblioteca/ficha_catalografica.aspx), elaboração de referências bibliográficas (ABNT e VANCOUVER) disponível em: https://www.unip.br/servicos/biblioteca/guia.aspx

Parcerias Institucionais, Intercâmbios e Convênios

O Programa tem mantido intercâmbios nacionais e internacionais, gerando, a partir dessas parcerias, produções técnicas e bibliográficas. A produção científica resultante dos intercâmbios pode ser observada nos trabalhos completos publicados, aceitos ou submetidos para publicação, nos quais constam os nomes dos participantes das parcerias.

Parcerias e Intercâmbios Nacionais

  1. PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO: o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia, por meio do CEAPE – UNIP (Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais), em parceria com o Programa DST/AIDS da Prefeitura do Município de São Paulo, oferece suporte aos 15 centros especializados do Município (norte, sul, leste, oeste e centro-oeste) para o diagnóstico e tratamento das doenças oportunistas da cavidade oral. A população de pacientes atendidos nos serviços de referência do Programa DST/AIDS é de aproximadamente 90 mil usuários. Além disso, pacientes oriundos de várias instituições e associações (Casas de Apoio, ONGs, Cruz Verde, APAE e outros) também são encaminhados ao CEAPE. Pesquisas, frutos dessa parceria, já foram apresentadas em vários congressos internacionais em outros países como Canadá, EUA, Alemanha, Espanha, Portugal, Suécia, Áustria e publicações também foram geradas em periódicos nacionais e internacionais. As atividades estão relatadas no item Inserção Social.
  2. UNIFESP – DEPARTAMENTO DE CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL: esta parceria permite atendimento integral ao paciente oncológico e cabe ao Centro a aplicação de métodos educativos-preventivos, bem como diagnóstico e, no caso de detecção da doença, realizar os procedimentos locais necessários para a resolução do caso e encaminhar à UNIFESP para o tratamento sistêmico do paciente. Manuais explicativos para o autoexame foram desenvolvidos por alunos do Programa e são distribuídos a todos os pacientes que procuram atendimento nas clínicas da UNIP. Prof. Luciano participa da Coordenação do Centro de Reabilitação Bucomaxilofacial da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da UNIFESP. Nesse centro, são realizados os atendimentos ambulatoriais e cirúrgicos dos pacientes portadores de deformidades faciais oncológicas, onde são submetidos a procedimentos reabilitadores com implantes e próteses faciais. Esses pacientes têm parte do atendimento realizada no curso de Odontologia da UNIP, junto à Clínica de Reabilitação Facial da Pós-Graduação. A disciplina de Reabilitação Bucomaxilofacial do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia (nível Mestrado) da UNIP é realizada no ambulatório da UNIFESP, com alunos da UNIP que participam das reuniões e atividades clínicas. Desse intercâmbio diversas publicações foram realizadas com coautoria do Prof. Marcio Abrahão, diretor do Departamento de Otorrinolaringologia da UNIFESP. As atividades realizadas neste Centro permitiram a criação do Instituto Mais Identidade, uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) dedicada ao atendimento gratuito de pacientes portadores de deformidades maxilofaciais, a qual representa um forte impacto social, uma vez que por meio dessa OSCIP serão organizados diversos eventos de prevenção e esclarecimento à comunidade.
  3. HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS – LABORATÓRIO DE EXTRAÇÃO: convênio com o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (IEP-HSL) para complementação dos estudos realizados na área de produtos naturais pelo Laboratório de Extração da UNIP. Há um projeto em andamento, intitulado "Projeto Rio Negro", coordenado pelos pesquisadores Dr. Riad Naim Younes, Antonio Drauzio Varella, ambos da UNIP e pelo Dr. Luiz Fernando Lima Reis, do IEP-HSL, e conta com os pesquisadores Ivana Barbosa Suffredini, Ingrit Elida Collantes Díaz (Peru), Mateus Luís Barradas Paciencia, da UNIP. Participam também do projeto alunos de IC, mestrandos e doutorandos. Os pesquisadores relacionados neste grupo, além de outros do IEP-HSL, da UNIP e externos, se reúnem eventualmente para discutir assuntos relacionados ao andamento do Projeto.
  4. SECRETARIA DE SAÚDE DO RIO GRANDE DO NORTE: em parceria com a Clínica de Reabilitação Bucomaxilofacial, Prof. Luciano Lauria Dib viaja a Natal (RN), três vezes ao ano, para realizar cirurgias em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), para fixação de implantes osseointegrados em pacientes portadores de severas deformidades faciais e maxilares oriundas de tratamento oncológico. Esses implantes são utilizados para retenção de próteses faciais reabilitadoras.  O Projeto continua em andamento, com atendimento de pacientes e manutenção das próteses. Inserção social: Essas atividades modificam por completo a comunidade no Estado, por permitir a reintegração social dos pacientes, devolver condições de retornar ao convívio familiar, atividade laboral e recuperar sua dignidade como ser humano.
  5. HOSPITAL DOS RINS E HIPERTENSÃO/UNIFESP: o Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontolgia da UNIP, por intermédio do Prof. Élcio Magdalena Giovani, juntamente com o curso de graduação, por meio do CEAPE (Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais), em parceria com o Hospital dos Rins e Hipertensão da UNIFESP, oferece suporte aos pacientes com insuficiência renal crônica, pré e pós-transplantados renais, atua na prevenção da integridade da saúde bucal, prepara-os para a cirurgia e também na manutenção pós-cirurgia, evita processos infecciosos, já que são esses os grandes facilitadores da rejeição do órgão transplantado, além de detectar prematuramente e realizar o diagnóstico e o tratamento das manifestações oportunistas na cavidade oral. Todos os semestres, a equipe médica do Hospital realiza uma oficina de capacitação aos alunos da graduação e da pós-graduação da UNIP, além de participar na discussão de casos clínicos desses alunos, realizada no próprio Hospital, o que propicia a elaboração de projetos de pesquisa em parceria. O Hospital é Selo Ouro Internacional e um centro de referência de extrema importância para a ciência, visto que no ano passado foram realizados 1030 transplantes (a maior quantidade realizada no mundo), com um índice elevado de sucesso e com o mínimo grau de rejeição. Vários projetos de pesquisa têm sido desenvolvidos por meio dessa parceria e cursos são ministrados aos alunos, como parte do Programa de Educação Continuada do curso de graduação da UNIP. Participam desse projeto alunos da graduação, de IC e da pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado). Trabalhos de pesquisas relacionados a essa parceria têm sido apresentados em congressos nacionais e internacionais e um artigo aceito em fase de publicação e outro em andamento. (3 pesquisas em andamento).
  6. HOSPITAL PREMIER: essa rica parceria refere-se à troca de experiências em práticas de intervenção odontológica e pesquisas em pacientes sob cuidados paliativos. Esse hospital possui pacientes internados em excelentes condições de dignidade humana, a grande maioria pessoas da terceira idade com os seus variados graus de imobilidade ante as suas patologias e ou jovens acidentados (tetraplégicos/coma etc.). Os alunos da graduação, IC e da pós-graduação (especialização, mestrado e doutorado), supervisionados pelo Prof. Elcio Magdalena Giovani, realizam intervenção clínica e pesquisa. Há três pesquisas em andamento.
  7. INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DA USP: docentes do Programa mantêm parceria com professores do Instituto de Matemática e Estatística do Departamento de Estatística da USP, com objetivo de ampliar as análises e otimizar os dados obtidos nos estudos desenvolvidos pela UNIP. 
  8. FACULDADE DE MEDICINA DA USP: parceria entre os docentes Prof. Luciano Lauria Dib e Prof. Marcio Z. Casati junto à CLÍNICA DE DOENÇAS AUTOIMUNES (segmento de disciplina de Dermatologia da Faculdade de Medicina da USP). Essa parceria visa à produção de projetos de pesquisa científicos sobre doenças vesico-bolhosas e manifestações orais, com a participação de alunos de Pós-Graduação e dos professores da UNIP envolvidos. No ano de 2018, foi publicado o seguinte artigo: Migliorini, Sergio Eduardo, Pecorari, Vanessa Gallego Arias, Casati, Marcio Zaffalon, Santi, Claudia Giuli, Neto, Cyro Festa; Dib, Luciano Lauria. Oral Manifestations, Gingival Index and Dental State of Vesiculobullous Diseases. International Journal Of Clinical Medicine. v. 09, p. 408-422, 2018.
  9. DEPARTAMENTO DE GESTÃO E INFORMÁTICA EM SAÚDE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO: parceria estabelecida por intermédio da Profa. Cristina Feijó Ortolani, para o desenvolvimento, concepção e design de aplicativos na área de Odontologia. Foi criado na UNIP o Grupo de Pesquisa ‘Informática em Odontologia’, com participação de docentes e alunos de mestrado, doutorado e IC das duas instituições. Trata-se do único grupo de pesquisa na área no Brasil. Os resultados dessa parceria têm sido apresentados em congressos nacionais e internacionais, com seis artigos já publicados e três artigos submetidos em 2018. Três aplicativos encontram-se em desenvolvimento: um para prevenção em saúde bucal para crianças, um para pacientes com microcefalia e outro para pacientes adolescentes durante o tratamento ortodôntico.
    A disciplina Educação e Cultura Digital é oferecida na UNIFESP pela Prof. Cristina como parte da parceria, para alunos das duas Universidades. A professora participa ainda de bancas de projeto e defesa de dissertações de mestrado e teses de doutorado.
  10. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO - UNESP - SÃO JOSÉ DOS CAMPOS: por intermédio do Prof. Dr. Alberto N. Kojima, docente do Depto. de Materiais Odontológicos e Prótese da UNESP, estudos têm sido realizados na área de Extensometria - Ensaios Mecânicos de Materiais Odontológicos, com a colaboração do docente da UNIP, Prof. Alfredo Mesquita. Essa parceria já gerou projeto aprovado junto à FAPESP, trabalhos apresentados em congressos de pesquisa, conforme Currículo Lattes dos autores; três artigos publicados em periódicos internacionais multicêntricos junto com Profa. Mutlu Ozcan, da Universidade de Zurich.
  11. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC: parceria estabelecida por meio da Profa. Maria Martha Bernardi com o Núcleo de Cognição e Sistemas Complexos e Curso de Pós-Graduação em Biotecnologia da Universidade Federal do ABC para o desenvolvimento de pesquisas ligadas à obesidade e aspectos reprodutivos. Essa parceria permitiu o estabelecimento de um Laboratório de Comportamento e Biologia Molecular na UFABC para trabalhos em conjunto com a UNIP.
  12. GRUPO PHARMACOPEIA: por meio da docente Profa. Maria Martha Bernardi e a Pharmacopeia Cil, Brasil, Empresa Farmacêutica, inscrição estadual – 206.082.640.117, CNPJ- 01.051.751/0001-08, esta parceria visa ao estudo de efeitos de fitoterápicos auxiliares de emagrecimento. Deste convênio resultaram dois relatórios técnicos, no ano de 2012, sobre “Perda de peso em ratos alimentados com ração hipercalórica e tratados com o fitoterápico 9611” e “ Perda de peso em ratos alimentados com ração hipercalórica e tratados com o fitoterápicos em diferentes proporções”. Adicionalmente, outras pesquisas têm sido desenvolvidas.
  13. FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO: com a participação da docente Profa.  Maria Martha Bernardi, esta parceria visa ao desenvolvimento de projetos de pesquisa, orientação e coorientação de alunos de pós-graduação na área de Toxicologia do Desenvolvimento. Desta colaboração resultaram trabalhos publicados em periódicos de impacto.
  14. CENTRO DE ENGENHARIA, MODELAGEM E CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (CECS) DA UFABC E DEPTO. DE ENGENHARIA BIOMÉDICA DA UFPE: com a participação da Profa. Maristela Dutra-Corrêa, esta parceria estabelecida com Profa. Dra. Patrícia Aparecida da Ana, da UFABC, e Prof. Dr. Emery C. C. C. Lins, Professor Adjunto - UFPE, ambos com área de concentração em pesquisas nas áreas de Óptica e Imagens Biomédicas com uso de radiações visíveis e infravermelhas, para diagnóstico de patologias e caracterização ópticas de biomateriais, bem como aplicados ao diagnóstico e terapêutica das patologias orais e dentais. Um dos frutos desta parceria foi o doutorado de Selma Regina dos Santos Almeida, que utilizou imagens fotônicas para a detecção de cárie dental, concluído em 2018.
  15. EMPRESA CONEXÃO SISTEMA DE PRÓTESES LTDA.: projeto de cooperação entre Prof. Luciano Lauria Dib e a empresa acima citada, para o desenvolvimento de um novo modelo de implante extraoral para utilização em reabilitação bucomaxilofacial. Este projeto conta com a participação de alunos de pós-graduação.
  16. INSTITUTO DE QUÍMICA DA USP (IQ-USP) E FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA USP (FO-USP): projeto de cooperação entre Profa. Maristela Dutra-Correa e a FO-USP, por meio do Prof. Igor Studart Medeiros e no IQ-USP, por meio dos professores Koiti Araki e Sergio H Toma, além do Laboratório de Extração da UNIP, com Profa. Ivana Barbosa Suffredini, para o desenvolvimento de novos biomateriais odontológicos com nanotecnologia (nanopartículas de prata). Esta parceria já rendeu vários resumos publicados em Anais de Eventos (±16) e um artigo publicado em Revista Internacional com Qualis A1, com participação de uma aluna de Mestrado e uma de Iniciação Científica. Trabalhos concluídos: 3 Mestrados (Catarina Pires Bezerra, Monica de Abreu Pessoa Rodrigues e Marina Struncová Fernandes), 1 TCC (Alessandra Almeida Bráz Varanda Leite) e 3 Iniciações Científicas (Marina Struncová Fernandes, Alessandra Almeida Bráz Varanda Leite e Gabrielly Caramel Juvino).  
  17. HOSPITAL REGIONAL DE FERRAZ DE VASCONCELOS “Dr. Osiris Florindo Coelho” – da Secretaria de Estado da Saúde, onde é realizado atendimento odontológico sob anestesia geral aos pacientes com necessidades especiais em tratamento odontológico no Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais – CEAPE UNIP. Nesses pacientes, há a impossibilidade de realizar tratamento ambulatorial, ante as diversificadas patologias que os acometem e limitações no seu controle. Os atendimentos no Hospital de Ferraz de Vasconcelos são realizados por alunos de especialização em PNE e por mestrando e doutorando do Programa de Pós-Graduação, assistidos também por alunos da graduação.
  18. FUNDAÇÃO MARY SPEERS: projeto de Inclusão Social de pessoas em risco e vulnerabilidade para os moradores da região central da cidade de São Paulo; o Programa atua em dois pilares importantes: 1. atendimento educativo e preventivo aos cuidados de higiene oral em crianças frequentadoras da escola da Fundação, 2. atendimento educativo-preventivo e curativo à saúde bucal das mães dos mesmos alunos frequentadores da Fundação. Participam desse Projeto alunos da graduação, de IC e da pós-graduação (especialização, Mestrado e Doutorado). A atuação dessa parceria está descrita na aba Inserção Social.
  19. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO - UNESP – BOTUCATU: cooperação entre Profa. Dra. Denise Carleto Andia (UNIP) e os Profs. Willian F Zambuzzi e Rodrigo Augusto da Silva, ambos do Instituto de Biociências, Departamento de Química e Bioquímica, UNESP, para o desenvolvimento de pesquisas em conjunto em área de interesse comum, relacionada à regulação epigenética do tecido ósseo. Esta parceria conta com a colaboração de alunos dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu da UNIP e da UNESP.
    Publicações geradas:
    Assis RIF, Wiench M, Ruiz KGS, Silva RA, Feltran G, Sallum EA, Casati MZ, Nociti Junior, FH, Andia DC. RG108 increases NANOG and OCT4 in bone marrow-derived mesenchymal cells through global changes in DNA modifications and epigenetic activation. PLoS One. 2018; 13(12): e0207873. doi: 10.1371/journal.pone.0207873
    Silva RA, Fernandes CJC, Feltran G, Gomes AM, Andrade AFC, Andia DC, Peppelenbosch MP, Zambuzzi WF. Laminar shear stress-provoked cytoskeletal changes are mediated by epigenetic reprogramming of TIMP1 in human primary smooth muscle cells. Journal of Cellular Physiology. v. 1, p. 1-15, 2018.
    Silva RA, Andrade AFC, Feltran G, Fernandes CJC, Assis RIF, Ferreira MR, Andia DC, Zambuzzi WF.  The role of triiodothyronine hormone and mechanically-stressed endothelial cell paracrine signalling synergism in gene reprogramming during hBMSC-stimulated osteogenic phenotype in vitro. Molecular and Cellular Endocrinology. v. 1, p. 1-2, 2018.
    Bezerra F, Ferreira MR, Fontes, Giselle N, Fernandes C Jr Da Costa, Andia DC, Cruz, Nilson C, Da Silva RA, Zambuzzi WF. Nano hydroxyapatite-blasted titanium surface affects pre-osteoblast morphology by modulating critical intracellular pathways. Biotechnology and Bioengineering. v. 1, p. 1, 2017.
  20. UNIVERSIDADE ESTADUAL DE CAMPINAS – FOP: docentes da disciplina de Periodontia do Programa mantêm parceria com professores da UNICAMP para o desenvolvimento de pesquisas em conjunto, principalmente de projetos ligados às áreas de Microbiologia, Biologia Molecular e Periodontia. Há, ainda, cooperação entre Profa. Dra. Denise Carleto Andia (UNIP) e a área de Periodontia do Departamento de Prótese e Periodontia da FOP/UNICAMP para desenvolvimento do projeto intitulado “Regulação epigenética de células mesenquimais humanas”, do Auxílio Jovem Pesquisador da Profa. Denise (FAPESP – 2013/09650-8). Esta parceria conta com a colaboração de aluno de Mestrado e IC do Programa de Pós-Graduação da FOP/UNICAMP.
    Publicação gerada:
    Assis RIF, Wiench M, Ruiz KGS, Silva RA, Feltran G, Sallum EA, Casati MZ, Nociti Junior, FH, Andia DC. RG108 increases NANOG and OCT4 in bone marrow-derived mesenchymal cells through global changes in DNA modifications and epigenetic activation. PLoS One. 2018; 13(12): e0207873. doi: 10.1371/journal.pone.0207873
    Colaboração da Profa. Denise no projeto da Profa. Karina G Silvério Ruiz “Modulação do potencial osteoblástico/cementoblástico de clones de células mesenquimais indiferenciadas do ligamento periodontal via mecanismo epigenético”, coorientação da aluna com bolsa FAPESP de Mestrado (2017/19697-2).
  21. IPEN – CNEN/SP: cooperação realizada por meio das Profas. Cintia Helena Coury Saraceni e Maristela Dutra-Correa e Profs. Denise Zezell e Ricardo Samad do Centro de Lasers e Aplicações – IPEN-CNEN/SP, com o objetivo de realizar pesquisas com o laser de Femtosegundos em dentes e estruturas cerâmicas. A parceria foi firmada em 2016 e há duas pesquisas de Doutorado em andamento, sendo uma delas orientada pela Profa. Cintia e outra pela Profa. Maristela, além de um Mestrado já concluído por um aluno da Profa Maristela. Trabalhos concluídos: 1 Mestrado (Tarciso Penha-Junior) e 1 Doutorado (Vanessa Harumi Kiyan). 
  22. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO- UNESP - ARAÇATUBA: parceria firmada pelos docentes da Disciplina de Periodontia do Programa  para realização das análises imunohistoquímicas de amostras provenientes do projeto PAPEL DO RESVERATROL NO CONTROLE DAS ALTERAÇÕES ÓSSEAS ASSOCIADA À OSTEOPOROSE: ESTUDO EM RATAS OVARIECTOMIZADAS, juntamente com Prof. Edilson Ervolino.
  23. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA JÚLIO DE MESQUITA FILHO -UNESP - ARARAQUARA: parceria firmada pelos docentes da Disciplina de Periodontia do Programa para realização das análises em MICRO-CT de amostras provenientes do projeto IMPACTO DO RESVERATROL EM CONDIÇÕES DE RISCO: AVALIAÇÃO DOS PROCESSOS DE REPARO ÓSSEO E DA PERIODONTITE EXPERIMENTAL INDUZIDA EM RATOS DIABÉTICOS E EXPOSTOS À FUMAÇA DO CIGARRO, juntamente com Profa. Adriana Marcantonio.
  24. UNIVERSIDADE PRESBITERIANA MACKENZIE- com a participação de Profa.  Maria Martha Bernardi, esta parceria visa ao desenvolvimento de projetos de pesquisa,  coorientação de alunos de pós-graduação na área de Distúrbios do Desenvolvimento. Desta colaboração resultaram trabalhos publicados em periódicos de impacto.
  25. FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO – CAMPUS RIBEIRÃO PRETO: docentes do Programa mantêm parceria com professores da FORP-USP para o desenvolvimento de pesquisas em conjunto, especialmente relacionadas às avaliações em microtomografia computadorizada para avaliação de reparo ósseo. Como fruto desta parceria foi publicado o artigo: Cirano FR, Pimentel SP, Casati MZ, Corrêa MG, Pino DS, Messora MR, Silva PHF, Ribeiro FV. Effect of curcumin on bone tissue in the diabetic rat: repair of peri-implant and critical-sized defects. Int J Oral Maxillofac Surg. 2018 Nov;47(11):1495-1503. doi: 10.1016/j.ijom.2018.04.018. Epub 2018 May 29. PubMed PMID: 29857981.
  26. FACULDADE DE ODONTOLOGIA SÃO LEOPOLDO MANDIC: parceria por meio do Prof. Marcelo Napimoga, que participou na avaliação histológica das articulações dos animais da pesquisa: Corrêa MG, Pires PR, Ribeiro FV, Pimentel SP, Cirano FR, Napimoga MH, Casati MZ, Casarin RCV. Systemic treatment with resveratrol reduces the progression of experimental periodontitis and arthritis in rats. PLoS One. 2018 Oct 3;13(10):e0204414. doi: 10.1371/journal.pone.0204414. eCollection 2018. PubMed PMID: 30281626; PubMed Central PMCID: PMC6169914.
  27. FACULDADE DE ODONTOLOGIA DE PIRACICABA – UNIVERSIDADE DE CAMPINAS: parceria realizada com o Prof. Renato Casarin juntamente com docentes e alunos do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da UNIP, para viabilizar a análise do microbioma de pacientes fumantes portadores de implantes dentais. Esta parceria gerou a seguinte publicação: Pimentel SP, Fontes M, Ribeiro FV, Corrêa MG, Nishii D, Cirano FR, Casati MZ, Casarin RCV. Smoking habit modulates peri-implant microbiome: A case-control study. J Periodontal Res. 2018 Dec;53(6):983-991. doi: 10.1111/jre.12597. Epub 2018 Sep 26. PubMed PMID: 30259511.
  28. FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL: docentes e alunos do Programa mantêm parceria de pesquisa com Prof. Alex Haas para desenvolvimento de pesquisa na área de peri-implantite. Desta parceria já foi publicado um estudo recente: Pimentel SP, Shiota R, Cirano FR, Casarin RCV, Pecorari VGA, Casati MZ, Haas AN, Ribeiro FV. Occurrence of peri-implant diseases and risk indicators at the patient and implant levels: A multilevel cross-sectional study. J Periodontol. 2018 Sep;89(9):1091-1100. doi: 10.1002/JPER.17-0599. Epub 2018 Aug 8. PubMed PMID: 29761866.

Internacionalização

Por meio dos intercâmbios institucionais, o Programa vem incrementando o processo de internacionalização, tanto no desenvolvimento de pesquisas conjuntas, no recebimento de alunos de países da América Latina, como na mobilidade docente e discente. 

Mobilidade Docente / Discente

As parcerias estabelecidas desde 2014 entre os Profs. Adriano Fonseca de Lima e Flávia Pires Rodrigues, da UNIP, com os Profs. William Palin, da Universidade de Birmingham, e David Watts, da Universidade de Manchester, foram mantidas e trabalhos em conjunto continuam em andamento. Fruto dessa cooperação é o trabalho intitulado “Influência de diferentes sistemas de iniciação de polimerização nas propriedades químico-físicas de resinas experimentais”, parcialmente financiado pelo CNPq, por meio de bolsa PIBIC para o aluno Marcos Vinícius Salvador, premiado como o melhor trabalho de Iniciação Científica na Área de Ciências da Saúde no Décimo Sétimo Encontro Científico, o Décimo Nono Encontro de Iniciação Científica e o Quarto Encontro de Iniciação Tecnológica da UNIP.

Profa. Denise Carleto Andia também participou desse programa junto ao Institute for Biomedical Research (IBR), Cancer Sciences, University of Birmingham (UoB), Birmingham, em parceria com Profa. Malgorzata Wiench. Profa. Denise esteve em Birmingham, de maio a julho de 2015, desenvolvendo o projeto: “RG108 demethylating therapy in head and neck squamous cell carcinoma: the impact on DNA methylation and hydroxymethylation.”

No ano de 2017, houve também a visita da doutoranda Anna Larsson, orientada do Prof. Ulf Nannmark, da Universidade de Gotemburgo, para realização de experimentos relacionados ao seu projeto de PhD. A vinda da doutoranda faz parte das ações de mobilidade discente resultantes da parceria estabelecida pelo Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP e a Universidade de Gotemburgo.

CURSO DE TREINAMENTO EM CUBAdesde 2015, está vigente parceria entre o Programa de Pós-Graduação da UNIP e a Sociedad Latino-americana de Rehabilitación de la Cara y Prótesis Bucomaxilofacial. Prof. Luciano Dib, juntamente com o doutorando Rodrigo Salazar Gamarra (Peru) realizam cursos de capacitação para reabilitação de pacientes com deformidades por trauma e tumores, no Centro de Próteses Bucomaxilofacial do hospital CIMEQ, em Havana/Cuba. O docente e o doutorando ocupam os cargos de presidente e secretário da Junta Diretiva da Sociedad, respectivamente.

ALUNOS INTERNACIONAIS: o Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP também participa do processo de Internacionalização recebendo alunos da América Latina. Há três alunos peruanos matriculados no Programa. Um deles, Rodrigo Salazar, já defendeu o mestrado e encontra-se matriculado no nível de doutorado. Seu trabalho, sob a orientação de Prof. Luciano Dib já foi publicado e tem um forte impacto social, pois visa à reabilitação protética pós-cirúrgica de pacientes oncológicos por meio de um protocolo 3D que elimina passos de moldagem e diminui o custo final da prótese. O trabalho teve repercussão nacional e mundial e uma série de entrevistas foi realizada com o aluno e o professor na UNIP.

Outros dois alunos peruanos defenderam suas dissertações de mestrado no ano de 2017, ambos na subárea Prótese e um deles iniciou o nível de doutorado e uma nova aluna iniciou o mestrado em 2018.

Em cumprimento à meta estabelecida para incremento na internacionalização do Programa, no ano de 2017 já foi oferecida disciplina em língua inglesa.

Parte do processo da Internacionalização do Programa pode ser caracterizada pelas parcerias e intercâmbios internacionais apontados abaixo:

Parcerias e Intercâmbios Internacionais

  1. UNIVERSIDADE DE GOTEMBURGO/ SUÉCIA: permanece o intercâmbio internacional com visitas de professores de ambas as Universidades para ministrar aulas. Em 2018, por meio da pós-graduanda Anna Larsson e do Prof. Ulf Nannmark, foram desenvolvidas pesquisas na área de implantologia extraoral, com experimentos in vivo realizados e coletados na Faculdade de Odontologia da UNIP e enviados à Universidade de Gotemburgo para análises microscópicas. Esses experimentos geraram publicações em fase de redação final. Também foi publicado o seguinte artigo, fruto da parceria: De Oliveira FM, Salazar-Gamarra R, Öhman D, Nannmark U, Pecorari V, Dib, LL. Quality of life assessment of patients utilizing orbital implant-supported prostheses. Clinical Implant Dentistry and Related Research, v. x, p. x, 2018.
  2. UNIVERSIDADE DE ZURICH/SUIÇA: por intermédio do Prof. Alfredo Mesquita e da Profa. Dra. Mutlu Özcan, do Departamento de Biomateriais Odontológicos da Universidade de Zurich, esta parceria atua no intercâmbio de conhecimento nas áreas de implantodontia e materiais dentários, com enfoque em cerâmica odontológica. Esta parceria, juntamente com a da UNESP São José dos Campos, ainda gera frutos. Artigo publicado em 2018: Moura RV, Kojima NA, Saraceni CHC, Bassolli L, Balducci I, Özcan M, Mesquita AMM. Evaluation of the Accuracy of Conventional and Digital Impression Techniques for Implant Restorations. Journal Of Prosthodontics.
  3. UNIVERSIDADE DE ZÜRICH E DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO: parceria para o desenvolvimento de um aplicativo “Integrated Pain Support“ para o diagnóstico e tratamento de disfunções têmporomandibulares. Em desenvolvimento, artigos científicos para dar respaldo ao sistema, bem como um prontuário eletrônico específico para DTM a ser implementado na UNIFESP. A parceria gerou, até o momento, um artigo publicado e apresentação de trabalho em congresso internacional.
  4. UNIVERSIDAD PERUANA CAYETANO HEREDIA – FACULTAD DE ESTOMATOLOGIA ROBERTO BELTRÃN – Área de medicina y patologio oral y maxillofacial /Área de atención estomatológica de pacientes especiales: para intercâmbio entre alunos da graduação e Pós-Graduação na troca de experiências no atendimento aos pacientes com necessidades especiais e pacientes com manifestações orais.
  5. UNIVERSIDADE DE TORONTO: convênio firmado para realização de pesquisas na área de periodontia, visando especialmente ao estudo aprofundado do uso do Resveratrol como modulador da resposta do hospedeiro ante a presença da doença periodontal e durante processos de reparo ósseo. Como frutos dessa parceria, foram publicados os seguintes artigos em periódicos de Impacto Relevante: Corrêa MG, Absy S, Tenenbaum H, Ribeiro FV, Cirano FR, Casati MZ, Pimentel SP. Resveratrol attenuates oxidative stress during experimental periodontitis in rats exposed to cigarette smoke inhalation. J Periodontal Res. 2018 Oct 22. doi: 10.1111/jre.12622. [Epub ahead of print] PubMed PMID: 30346038.
  6. UNIVERSIDADE DE BIRMINGHAM: parceria firmada desde 2014 pelos docentes Dr. Adriano Fonseca de Lima e Dra. Flávia Pires Rodrigues para realização de pesquisas relacionadas à avaliação e desenvolvimento de novos compostos resinosos, com melhorias tanto na parte monomérica quanto nos sistemas de iniciação. A parceria estabelecida tem sido mantida com visitas de ambos os professores à universidade na Inglaterra, em trabalho junto ao departamento de Biomateriais, em colaboração com os professores Dr. William M. Palin e Dr. Owen Addison, assim como a visita dos professores da Universidade de Birmingham citados à Universidade Paulista. O intercâmbio é financiado tanto pela Universidade Paulista quanto pela Universidade de Birmingham, por meio de auxílios-viagem, o que possibilita o desenvolvimento contínuo dos trabalhos, cujo resultado, até o presente momento, consiste em dois trabalhos submetidos e em processo de revisão, e alguns finalizados em processo de redação na área de Odontologia Restauradora e Materiais Dentários. Profa. Denise Carleto Andia, docente da área de Epigenética do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Odontologia da UNIP, também realiza parceria com Dra. Malgorzata Wiench, pesquisadora do Departamento de Epigenética, Instituto de Pesquisas Biológicas, Ciências do Câncer, Universidade de Birmingham, desde 2015. A parceria permitiu a ida da Profa. Denise à Universidade de Birmingham com custos financiados pelo seu Auxílio Jovem Pesquisador (FAPESP 2013/09650-8). Durante o estágio, Profa. Denise pode trabalhar na linha de pesquisa da Dra. Wiench, que investiga a regulação epigenética em células tumorais de câncer espino celular. A parceria prevê visitas futuras, a depender de novo financiamento de agências de fomento ou do Brasil ou de UK, ou em parceria de ambos os países.
  7. UNIVERSITY OF ILLINOIS-CHICAGO: intercâmbio com o Departamento de Reabilitação craniomaxilofacial da universidade, para o desenvolvimento de projeto na área de tecnologia digital para produção de próteses faciais. Em novembro de 2018, houve novamente a visita na UNIP da Profa. Rosiemarie Sealous, especialista em tecnologia digital, para ministrar curso no Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu da UNIP. A atuação do aluno Rodrigo Salazar –Gamarra, oriundo do Peru, sob orientação do Prof. Luciano Dib, em parceria com a Universidade de Illinois, gerou a criação de um método de realização de próteses faciais por meio de tecnologia digital com significativo impacto na comunidade internacional, com matérias jornalísticas nos importantes meios de comunicação brasileiros e mundiais, além de Prêmio pela MIT como Innovador Humanitário para América Latina 2018, de pessoas menores de 35 anos.
  8. UNIVERSIDADE DE MANCHESTER – INGLATERRA: parceria estabelecida em 2015, por meio da Profa. Flávia Pires Rodrigues, permanece com estudos sobre os materiais resinosos utilizados na Odontologia, com o apoio do Prof. David Watts, da University of Manchester. A avaliação das propriedades químicas e físicas desses materiais consequente de modificações nos processos de iniciação de polimerização foi efetivada para obtenção de materiais com melhor desempenho. Alguns artigos resultantes da parceria foram publicados no periódico Dental Materials e Brazilian Oral Research, assim como outros estão em fase de redação para posterior submissão, um deles resultado da defesa de dissertação da aluna Karina Verzola, orientada pelo Prof. Dr. Adriano Fonseca de Lima. 
  9. UNIVERSITY OF WESTERN ONTARIO: em 2016, foi estabelecida parceria entre Schulich Dentistry, Dep. of Biochemistry, London, Ontario, Canadá, na pessoa do Prof. Walter Siqueira e a Universidade Paulista – UNIP, por intermédio do Prof. Alfredo Mikail Melo Mesquita. Prof. Walter esteve na UNIP, financiado pela Instituição, para o delineamento de projetos de pesquisa que se encontram em fase de implementação. Um deles é de alto impacto social por reabilitar pacientes em AIDS do Centro de Atendimento a Pacientes Especiais, por intermédio do Prof. Elcio Madaglena Giovani.
  10. EMPRESA EVOLVA (BASEL – SUÍÇA): parceira que tem viabilizado a realização do estudo "Effect of resveratrol on non-surgical periodontal treatment of smokers diagnosed with Chronic Periodontitis. Prospective evaluation of clinical, microbiological, immunological results and oral neutrophil quantification”.
  11. UNIVERSIDADE DE OKAYAMA, no Japão: parceria que favorece a mobilidade entre alunos das duas instituições na busca do conhecimento, voltado, principalmente, para a área da imaginologia. Essa parceria é realizada entre a FOUNIP x FOUSP x Okayama. Em outubro de 2018, foram recebidos quatro alunos do curso de graduação em Odontologia de Okayama, que vieram participar do Simpósio de Atendimento a Pacientes com Necessidades Especiais, organizado pelo Prof. Elcio M. Giovani, evento que contou ainda com a presença de dois palestrantes internacionais.
  12. Reestabelecimento de convênio com o National Cancer Institute, NIH, USA, com a assinatura do Memorandum of Understanding, em 2018.
  13. Estabelecimento de colaboração com o Faculdad de Ingeniería Química y Textil de La Universidad Nacional de Ingeniería, Lima, Peru. Desta colaboração com o Peru já foram publicados 7 trabalhos, 2 em 2018, 3 em 2017 e 2 em 2016.
  14. SOCIEDADE LATINO AMERICANA DE REABILITAÇÃO BUCOMAXILOFACIAL: intercâmbio entre a UNIP, Instituto Mais identidade e a Sociedade, sob a coordenação do Prof. Luciano Dib, que é o presidente do Comitê Educacional da Sociedade, responsável pela gestão e regulamentação de cursos de aprimoramento profissional realizados internacionalmente pela Sociedade e que serão ministrados na UNIP.
  15. FUNDAÇÃO OREMA – CHILE: a referida fundação é uma entidade filantrópica de Santiago do Chile, que tem parceria com o Hospital Nacional de Câncer do Chile, dedicada à reabilitação maxilofacial de pacientes oncológicos. A parceria entre o Instituto Mais Identidade, UNIP e Fundação OREMA permitirá o desenvolvimento e aprimoramento de tecnologias digitais voltadas ao planejamento e execução cirúrgica e protética para reabilitação. Haverá intercâmbio profissional, com cursos e estágios realizados tanto no Brasil como no Chile. 

Auxílios Recebidos Vigentes

Projeto: Impacto da exposição intencional de barreiras de PTFE-d na regeneração óssea guiada para preservação de alvéolo: Análise microbiológica, radiográfica, de parâmetros centrados no paciente, do padrão molecular de reparo ósseo e da estabilidade peri-implanta
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2017/19834-0 - vigência 01/06/2018 a 31/05/2020
Valor em real: R$ 133.288,05
Valor em dólar: U$ 10.246,50

Projeto: Epigenetic regulation of osteogenic potential in mesenchymal stem cells derived from periodontal ligament
Professor Responsável no Brasil: Denise Carleto Andia (UNIP)
Pesquisador responsável no UK: Malgorzata Wiench (UoB)
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2017/07944-5 – vigência 01/04/2018 a 31/03/2020
Valor em real: R$100.000,00 (FAPESP/Brasil)
Valor em libras: £20.000,00 (UoB/UK)

Projeto: Papel do resveratrol no controle das alterações ósseas associada à osteoporose: estudo em ratas ovariectomizadas
Professor Responsável: Suzana Peres Pimentel
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2015/24458-1 - vigência a partir de 2016 até agosto de 2018
Valor: R$ 52.378,00

Projeto: Tratamento de bolsas residuais com Terapia Fotodinâmica em pacientes com histórico de periodontite agressiva. Avaliação clínica, microbiológica e imunoenzimática centrada no paciente
Professor Responsável: Mônica Grazieli Corrêa
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2016/12758-3 - Encerrado em setembro/2018
Auxílio Pesquisa: Regular
Valor em real: R$ 38.621,75
Valor em dólar: US$ 8.085,00

Projeto: Avaliação clínica, radiográfica, microbiológica e do perfil de biomarcadores locais do impacto da plataforma switching na reabilitação dental de pacientes diabéticos tipo 2 por meio de overdentures retidas sobre implantes
Professor Responsável: Mônica Grazieli Corrêa
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: Auxílio Universal número 421504/2018-8

Projeto: Caracterização biológica de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes sistemas de iniciação
Professor Responsável: Adriano Fonseca de Lima
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: 404519/2016-4
Auxílio Pesquisa: MCT/CNPq - N º 01/2016 - Universal / Universal 01/2016 - Faixa A
Valor: R$ 29.700,00

Projeto: Estudo clínico, prospectivo, randomizado, paralelo e de boca dividida sobre a influência de diferentes macrogeometrias e tratamentos de superfície de implantes dentais inseridos em pacientes fumantes. Aspectos clínicos e imunológicos (SIN - Sistema de Implante Nacional)
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro
Valor: R$ 131.000,00

Projeto: Avaliação da deformação superficial do osso gerada por cargas axiais e oblíquas em implantes de diferentes comprimentos
Professor Responsável: Alfredo Mikail Mesquita
Órgão de Fomento: Empresa Implacil de Bortoli
Processo: 2017/2018
Valor: - R$16.000,00

Projeto: Análise comparativa da resistência de implantes extra-estreitos e estreitos de corpo único e de implantes tipo Cone Morse
Professor Responsável: Alfredo Mikail Mesquita
Órgão de Fomento: Empresa Implacil de Bortoli
Processo: 2017/ 2018
Valor: R$20.000,00

Projeto: Comparação pro extensometria entre dois modelos de implante: extraoral e intraoral (estudo piloto)
Professor Responsável: Alfredo Mikail Mesquita
Órgão de Fomento: Empresa Conexão Sistemas de Prótese
Processo: 2018 a atual
Auxílio Pesquisa:
Valor: R$ 4.500,00

Auxílios Concluídos

Projeto: Terapia fotodinâmica no tratamento da doença periodontal. Avaliação clínica, microbiológica e imunoenzimática 
Professor Responsável: Márcio Zaffalon Casati 
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: 2010/51218-8 Auxílio Pesquisa -Regular  
Valor: R$ 73.480,00

Projeto: Avaliação da integridade da rugosidade de superfície de implantes de titânio submetidos à inserção óssea
Professor Responsável: Luciano Lauria Dib 
Órgão de Fomento: CNPq 
Processo: Edital MCT/CNPq N º 14/2010 – Universal 
Valor: R$ 9.877,67

Projeto: Mucosite peri-implantar experimental em fumantes: avaliação clínica, imunológica e microbiológica da influência do tabagismo e do triclosan no desenvolvimento do processo inflamatório
Professor Responsável: Suzana Peres Pimentel 
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: FAPESP 2011/51037-6 - Auxílio Pesquisa - Regular  
Valor: R$ 49.543,25

Projeto: Efeito do controle glicêmico de diabéticos tipo II no reparo ósseo peri-implantar 
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro 
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: FAPESP 2011/50955-1 - Auxílio Pesquisa – Regular 
Valor: R$ 47.823,60

Projeto: Avaliação por extensometria da deformação superficial do osso gerada por próteses sobre implantes com diferentes conexões e pilares protéticos em função do cantlever 
Professor Responsável: Alfredo Mikail Melo Mesquita 
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: FAPESP 2012/50560-0 - Auxílio Pesquisa – Regular 
Valor: R$ 35.067,00

Projeto: Estudo clínico randomizado da terapia fotodinâmica no tratamento periodontal de pacientes em AIDS e com falência terapêutica da HAART 
Professor Responsável: Elcio Magdalena Giovani 
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: FAPESP 2011/17912-7 - Auxílio Pesquisa – Regular 
Valor: R$ R$ 46.924,29

Projeto: Efeito do Resveratrol no modelo de periodontite experimental induzida em ratos: avaliação morfométrica e imunoenzimática  
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro Cirano  
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: FAPESP 2012/50487-0 - Auxílio Pesquisa - Regular  
Valor: R$ 25.048,00

Projeto: Avaliação do uso de nanoesferas de Poly (l-lactide-co-glycolide) contendo doxiciclina como adjunto ao tratamento da periodontite crônica em indivíduos diabéticos tipo-2. Estudo clínico, microbiológico e imunoenzimático
Professor Responsável: Prof. Renato Corrêa Viana Casarin 
Órgão de Fomento: FAPESP 
Processo: FAPESP 2012/50877-3 
Valor: R$ 142.235,60

Projeto: Efeito da imunomodulação por meio do tratamento sistêmico com resveratrol e curcumina sobre a progressão da periodontite e artrite experimentais 
Professor Responsável: Renato Corrêa Viana Casarin 
Órgão de Fomento: CNPq/Universal   
Processo: 442275/2014-5 
Valor: R$ R$ 30.000,00

Projeto: Caracterização biológica de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes sistemas de iniciação 
Professor Responsável: Adriano Fonseca de Lima 
Órgão de Fomento: CNPq 
Processo: 404519/2016-4 
Auxílio Pesquisa: Chamada Pública MCT/CNPq - N º 01/2016 - Universal / Universal 01/2016 - Faixa A - até R$ 30.000,00
Valor: R$ 29.700,00

Projeto: Papel do resveratrol no controle das alterações ósseas associadas à osteoporose: estudo em ratas ovariectomizadas
Professor Responsável: Suzana Peres Pimentel
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2015/24458-1
Valor em real: R$ 52.378,00
Valor em dólar: US$ 13.399,00

Projeto: Tratamento de bolsas residuais com Terapia Fotodinâmica em pacientes com histórico de periodontite agressiva. Avaliação clínica, microbiológica e imunoenzimática centrada no paciente
Professor Responsável: Mônica Grazieli Corrêa
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2016/12758-3
Valor em real: R$ 38.621,75
Valor em dólar: US$ 8.085,00

Projeto: Uso local de doxiciclina, associada ao debridamento periodontal, no tratamento da periodontite crônica em indivíduos diabéticos tipo-2
Professor Responsável: Marcio Zaffalon Casati 
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: 474661/2012-1 Universal
Valor: R$ 89.176,00

Projeto: Influência do resveratrol associado ao tratamento periodontal não cirúrgico de pacientes com periodontite agressiva generalizada. Avaliação clínica e imunoinflamatória 
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro Cirano
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: 483634/2013-1 
Valor : R$ 30.000,00

Projeto: Impacto do resveratrol em condições de risco: avaliação dos processos de reparo ósseo e da periodontite experimental induzida em ratos diabéticos e expostos à fumaça do cigarro
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2014/09480-8 - Auxílio Pesquisa – Regular
Valores: R$ 83.013,75 mais U$ 71.327,71

Projeto: Efeito da curcumina na periodontite experimental e no reparo ósseo peri-implantar em ratos diabéticos
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: CNPQ/Universal  
Processo: 441464/2014-9
Valor: R$ 29.651,00

Projeto: Influência do resveratrol associado ao tratamento periodontal não cirúrgico de pacientes fumantes com periodontite crônica. Avaliação clínica, microbiológica e imunoinflamatória
Professor Responsável: Marcio Zaffalon Casati 
Órgão de Fomento: CNPQ/Universal  
Processo: 461668/2014-9
Valor: R$ 86.000,00

Projeto: Impacto da incorporação de gases na formação de biofilme e nas propriedades de resinas experimentais à base de metacrilato
Responsável: Flávia Pires Rodrigues; Pesquisador Associado: Maristela Dutra-Correa;
Apoio Técnico: Ivana Barbosa Suffredini
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2014/17878-1 - Auxílio Pesquisa – Regular
Valor: R$48.024,72

Projeto: Influência do estresse no comportamento sexual de ratos tratados com diferentes doses de ivermectina: estudos comportamentais, endócrinos, moleculares e histológicos
Professor Responsável: Maria Martha Bernardi
Órgão de Fomento: CNPq/Universal  
Processo: 441580/2014-9
Valor: R$ 98.609,07

Projeto: Regulação epigenética em células mesenquimais humanas
Professor Responsável: Denise Carleto Andia
Órgão de Fomento: FAPESP - Jovem Pesquisador
Processo: 2013/09650-8
Valor: R$ 200.354,20 mais US$ 19.389,00

Projeto: Estudo clínico, prospectivo, randomizado, paralelo e de boca dividida sobre a influência de diferentes macrogeometrias e tratamentos de superfície de implantes dentais inseridos em pacientes fumantes. Aspectos clínicos e imunológicos
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro Cirano
Empresa de Fomento: SIN - Sistema de Implante Nacional 
Valores: R$ 131.200,00 de auxílio pesquisa; R$ 76.000,00 de materiais produzidos pela empresa que serão utilizados para o desenvolvimento do projeto

Projeto: Impacto da exposição intencional de barreiras de PTFE-d na regeneração óssea guiada para preservação de alvéolo: Análise microbiológica, radiográfica, de parâmetros centrados no paciente, do padrão molecular de reparo ósseo e da estabilidade peri-implantar
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2017/19834-0
Valor em real: R$ 133.288,05
Valor em dólar: U$ 10.246,50

Projeto: Epigenetic regulation of osteogenic potential in mesenchymal stem cells derived from periodontal ligament.
Professor Responsável: Denise Carleto Andia (UNIP) and Malgorzata Wiench (UoB)
Órgão de Fomento: FAPESP and University of Birmingham
Processo: FAPESP 2017/07944-5
Auxílio Pesquisa – FAPESP, THE UNIVERSITY OF BIRMINGHAM AND THE UNIVERSITY OF NOTTINGHAM COLLABORATIVE RESEARCH PROGRAM CALL FOR PROPOSALS 2016 - FAPESP 37/2016
Valores: £20.000 (FAPESP) + £20.000 (UoB) = £40.000 total 

Alunos Contemplados com Bolsas

Mestrado

Alunos com Bolsa UNIP

  • André Marques Chanquini
  • Ariane Ali Bento Mendes
  • Beatriz Ganhito Françoso
  • Cristiane Caram Borgas Alves
  • Eduardo Colella
  • Flavio Camilo Achur Coscarelli
  • Hugo Robertson Sant Anna
  • Michelle Mazziero Macedo Chiode
  • Silvia Helena Garcia Braz
  • Tayná Silva de Castro

Alunos com Bolsa CAPES/PROSUP

  • Alessandra Sayuri Tuzita
  • Bruno Barros Biazzini
  • Jaccare Tanit Jauregui Ulloa
  • Marcos Vinícius de Oliveira Salvador
  • Michele Barnabe Espartosa
  • Mounir Colares Mussi
  • Nadya Bellandi da Cunha e Silva Lira
  • Nathalia Gusmão Prado Schnorr
  • Paula Rodrigues Pires
  • Rogério Salinas Ferreira
  • Vivian Aparecida Machado

Doutorado

Alunos com Bolsa UNIP

  • Arthur Georg Schmidt
  • Bianca Rossi de Souza
  • Camila Correia dos Santos
  • Daniela Lattuf Cortizo
  • Edson Ken Matumoto
  • Fátima Cristina Carneiro Marques
  • Felipe Fonseca Girlanda
  • Flávio Marcel Pereira Barreiro
  • Heitor Batista dos Reis
  • Jesuino Irineu Argentino Junior
  • Juliana Bellini Pereira da Silva
  • Kelly Cristine Tarquinio Marinho
  • Michael Bedros Arsenian
  • Pedro Henrique Faria Denófrio
  • Rodrigo Ramires Borbolla

Alunos com Bolsa CAPES/PROSUP

  • Alexandre Cândido da Silva
  • André Luis Seferian Obice
  • Bruna Ghiraldini
  • Débora Elias Calabró
  • Fernanda Kabadayan Dias
  • Lívia Eisler Pompeia
  • Lucas Massaru Nomiyama
  • Marcelo Ribeiro Bergamini
  • Marina Struncova Fernandes
  • Monica de Abreu Pessoa Rodrigues
  • Pedro Miguel Vera Barbaran
  • Renata de Vasconcellos Moura
  • Rodrigo Ernesto Salazar Gamarra
  • Tais Pereira Leal
  • Tarciso Penha Junior

Bolsistas de Pós-Doutorado

Bolsista PNPD

  • Bruno Braga Benatti - Vigência: novembro de 2013 a novembro de 2014 - Bolsa nº 1273435.
  • Ana Paula Oliveira Giorgetti Bossolan - Vigência: janeiro de 2015 a dezembro de 2017 - Bolsa nº 1464668.
  • Cristiane Ribeiro Salmon - Vigência: abril de 2018 a março de 2020 – Bolsa nº 1786949

 Bolsas FAPESP

Aluno: Giovana Lecio Miranda 
Docente: Prof. Renato Corrêa Viana Casarin 
Titulo: Avaliação do uso de nanoesferas de Poly (l-lactide-co-glycolide) contendo doxiciclina como adjunto ao tratamento da periodontite crônica em indivíduos diabéticos tipo-2. 
Processo: 2012/22492-0

Aluno: Bruna Ghiraldini 
Docente: Profa. Fernanda Vieira Ribeiro 
Titulo: Papel do controle glicêmico de diabéticos tipo II na estabilidade de implantes dentais e no padrão de expressão gênica de marcadores do tecido ósseo. 
Processo: 2012/21231-8

Bolsista FAPESP

  • Mônica Grazieli Corrêa - Vigência: fevereiro de 2013 a outubro de 2015