Notícias
Você está em: Universidade Paulista / Notícias / Alunos da UNIP são premiados com viagem para a Sexagésima Nona Reunião Anual da SPBC

Alunos da UNIP são premiados com viagem para a Sexagésima Nona Reunião Anual da SPBC

Os alunos Marina Struncová Fernandes, curso de Odontologia, campus Indianópolis; José Claudio Lopes, curso de Engenharia de Produção Mecânica, campus Bauru; Suise Carolina Carmelo de Almeida, curso de Engenharia Civil, campus São José do Rio Preto; Lucas Makowski Bariani, curso de Direito, campus Jundiaí e Wellen Ruiz, curso de Psicologia, campus Ribeirão Preto, orientados, respectivamente, pelos professores doutores Maristela Dutra-Correa, Fábio Bossoi Vicente, José Antonio Armani Paschoal, Samuel Antônio Merbach de Oliveira e Caroline Francisca Eltink, foram premiados pela excelência de suas pesquisas no Décimo Oitavo Encontro de Iniciação Científica e Tecnológica da UNIP.

 

O prêmio foi uma viagem para a capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, onde os alunos puderam apresentar seus trabalhos na Sexagésima Nona Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SPBC), sediada na Universidade Federal de Minas Gerais. O evento, que aconteceu de 16 a 22 de julho, contou com a participação de pesquisadores e estudantes de todo o Brasil, além de representantes do CNPq e de destacados institutos de pesquisa.

 

Segundo o professor José Antonio Armani Paschoal, do curso de Engenharia Civil, a pesquisa de Iniciação Científica de sua orientanda, Suise Almeida, contribuiu para que ela ingressasse no Mestrado da Universidade Federal de São Carlos. E a aluna não deixou de agradecer a oportunidade oferecida pela UNIP para desenvolver a pesquisa.

 

Já para a estudante Marina Struncová Fernandes, “ir à SBPC foi uma experiência muito gratificante. Primeiro, por ser fora de São Paulo e, segundo, por ser em um ambiente acolhedor. O campus no qual foi realizado o evento é grande e seguro; além disso, os avaliadores foram gentis ao colocarem suas opiniões, o que tornou o momento da minha apresentação bem tranquilo e diferente de outros congressos científicos. A viagem para apresentar o trabalho compensou também por outros aspectos: foi possível desfrutar dos arredores da cidade e conhecer pontos turísticos e a gastronomia local. Valeu muito a pena!”

 

José Cláudio Lopes, por sua vez, destacou que a participação no evento foi de grande proveito pessoal e institucional, principalmente no que diz respeito às novas abordagens do currículo da Engenharia de Produção Mecânica para os próximos anos: “Posso afirmar que as novas diretrizes a serem seguidas pela UFMG, POLI-USP e ITA já vêm sendo aplicadas no campus Bauru da UNIP há cerca de 10 anos”, ressaltou o acadêmico.

 

O relato da aluna Wellen Ruiz também é significativo: “Desenvolvi minha pesquisa com muito carinho e zelo, me dediquei bastante e vivi intensamente cada etapa da pesquisa, mas não imaginava que poderia ter meu um trabalho premiado pela Universidade; meu objetivo sempre foi fazer Ciência de forma ética, séria e, principalmente, que beneficiasse a sociedade de alguma forma. O prêmio foi uma consequência maravilhosa de muito trabalho. Minha pesquisa me levou para fora do meu estado pela primeira vez e me proporcionou viajar de avião também pela primeira vez. Tive a chance de receber críticas muito construtivas da avaliadora que faz parte do corpo docente da UFMG, ou seja, todo o empenho na pesquisa que realizei valeu a pena. Hoje a enxergo como a pesquisa da minha vida, mesmo sabendo que muitas outras virão daqui pra frente. E nesse caminhar, ressalto o apoio que recebi da equipe do Setor de Pesquisa da UNIP, que sempre foi muito solícita em me atender. Agradeço, carinhosamente, à professora Caroline Eltink, por todo o apoio durante esse trajeto e pela generosidade infinita em partilhar comigo o seu saber. E à Universidade Paulista, por todo o apoio a esta sua aluna-pesquisadora que sempre se esforçou para contribuir com a Universidade, representando seu nome com orgulho. Minha gratidão!”

 

Lucas Makowski Bariani também descreveu sua experiência: “Inicialmente, gostaria de agradecer a oportunidade de poder participar desse evento e entrar em contato com muita gente que faz a Ciência acontecer no Brasil. Tudo foi muito bom, desde o avião de Campinas a Belo Horizonte até as acomodações que, além de bem confortáveis, eram próximas da universidade-sede do evento. Com relação ao evento em si, tenho apenas elogios. Não imaginei que houvesse um Encontro Científico em tal proporção. Tive o prazer de conhecer muita gente de diversas regiões do Brasil e de diversas áreas da Ciência, ganhando novos amigos e contatos profissionais. Aprendi muito sobre a pesquisa acadêmica; foi uma experiência que engrandeceu meu espírito de pesquisador e atiçou minha curiosidade para continuar buscando entender o mundo que nos cerca, mesmo sabendo que este será um exercício para toda a vida. Saber que existem outras pessoas com esse ímpeto e imergir em um ambiente universitário só reforçaram a minha vontade de seguir os mesmos passos que os grandes pesquisadores e cientistas brasileiros e do mundo deram. A experiência de apresentar meu trabalho de Iniciação Científica produzido na UNIP, campus Jundiaí, foi muito rica; fui elogiado pela professora que o avaliou e, durante a apresentação, ela fez comentários e sugeriu algumas melhorias que, certamente, levarei em consideração, a fim de incrementar o trabalho. É com base em minha experiência edificante e no profundo sentimento de gratidão que requeiro e recomendo que esse Programa na Universidade Paulista seja ampliado e que mais alunos, assim como eu, tenham a possibilidade de participar.”



© 1999-2017 - Universidade Paulista - Todos os direitos reservados.