Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Patologia Ambiental e Experimental

CORPO DOCENTE

Prof. Dr. Eduardo Fernandes Bondan Currículo Lattes
Profa. Dra. Elizabeth Cristina Pérez Hurtado Currículo Lattes
Prof. Dr. Giovani Bravin Peres Currículo Lattes
Profa. Dra. Ivana Barbosa Suffredini Currículo Lattes
Prof. Dr. José Guilherme Xavier Currículo Lattes
Profa. Dra. Leoni Villano Bonamin Currículo Lattes
Profa. Dra. Maria Anete Lallo (Coordenadora) Currículo Lattes
Profa. Dra. Maria Martha Bernardi Currículo Lattes
Prof. Dr. Paulo Ricardo Dell'Armelina Rocha Currículo Lattes
Profa. Dra. Selene Dall'Acqua Coutinho Currículo Lattes
Prof. Dr. Thiago Berti Kirsten Currículo Lattes
Prof. Dr. Vicente Borelli Currículo Lattes
Mario Mariano

Mario Mariano ★ 22/06/1938 - ✝ 28/02/2020

Graduado em Medicina Veterinária pela Universidade de São Paulo (1965), mestre em Clínica Cirúrgica Veterinária pela Universidade de São Paulo (1966) e doutor em Patologia Geral pela Universidade de São Paulo (1968). Pós-doutorado em Imunopatologia da Inflamação, Hospital São Bartolomeu, Londres (1971-1973). Professor Titular aposentado do Departamento de Imunologia, ICB, USP. Foi Professor Titular da Universidade Paulista, onde coordenou o Programa se Pós-Graduação Stricto Sensu em Patologia Ambiental e Experimental e Professor Titular Afiliado da Universidade Federal de São Paulo. Teve experiência na área de Imunologia, com ênfase em Imunopatologia, atuando principalmente nos seguintes temas: inflamação, macrófagos e células B-1. Descreveu um novo fagócito mononuclear derivado de células B-1. Tinha como lema que ciência é instrumento de humanismo.

CRITÉRIOS DE CREDENCIAMENTO E DESCREDENCIAMENTO DE DOCENTES

Para ser credenciado como orientador de Mestrado/Doutorado e se manter no quadro de professores permanentes, o docente deve apresentar a seguinte produção mínima, toda vinculada à(s) Linha(s) de Pesquisa em que atua no Programa, devidamente comprovada, dentro do período de 4 anos, imediatamente anterior ao credenciamento:

  • Comprovar, nos últimos quatro anos, o total de pelo menos 3 (três) publicações em periódicos B2 ou superior sendo pelo menos um B1;
  • Apresentar pelo menos 1 (uma) publicação nos últimos quatro anos, que caracterize a inserção social do programa (livro, capítulo de livro, vídeo didático-pedagógico, artigo técnico);
  • Ter quatro trabalhos apresentados em congressos nacionais ou internacionais da área, de maior impacto,
  • Ser responsável por projeto(s) de pesquisa ou dele(s) participar.