Design de Produto

Atos Regulatórios

1. Autorização, Reconhecimento e Renovação de Reconhecimento

ANCHIETA Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
CHÁCARA SANTO ANTÔNIO Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
CIDADE UNIVERSITÁRIA Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
INDIANÓPOLIS Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
MARQUÊS Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
NORTE Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
PARAÍSO Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
PAULISTA Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
TATUAPÉ Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)
SANTANA DE PARNAÍBA Autorização Resolução CONSUNI n. 160.615/1 de 15/06/2016 (Portaria MEC nº 1.095 de 25/10/2018 publicada em 26/10/2018, para fins de expedição e registro de diploma)

Projeto Pedagógico do Curso (PPC)

1. Objetivos do Curso

O Curso Superior de Tecnologia em Design de Produto está orientado à formação de um profissional para atuar na área de Gestão de Design, isto é, formar um profissional que exerça a função de elemento articulador nas diversas faces do processo produtivo, principalmente em Design, Produção e Marketing.

A indústria inserida cada vez mais no mercado competitivo tende a considerar essas diversas faces da produção dentro de uma visão holística na procura de eficiência e lucro. Normalmente, essas faces funcionam com maior ou menor autonomia e cada uma reivindicando sua importância no processo, principalmente na área de desenvolvimento de produto, na qual a figura do designer é normalmente associada a uma produção isolada ou terceirizada e desligada do acompanhamento das etapas subsequentes.

Esse profissional deve ter conhecimentos genéricos das diversas etapas da produção, mas será na gestão e nos aspectos tecnológicos na área de Design a sua verdadeira especialização.

2. Atividades Principais

  • Compreender genericamente as diversas faces que a indústria tem a percorrer para lançar um produto no mercado;
  • Gestor de Design e a sua função como elemento articulador com outras especialidades;
  • criar um repertório verbal que permita seu trânsito em outras áreas da produção;
  • Design: aspectos históricos e tópicos atuais;
  • o Design como elemento de inovação na produção industrial;
  • compreender as normas e interpretação de desenhos técnicos;
  • conhecer os recursos que a informática, nos dias de hoje, oferece para as representações bi e tridimensionais;
  • produção e acompanhamento de cronogramas;
  • capacidade de fazer pesquisas de mercado, de materiais e de concorrência para auxiliar na etapa de desenvolvimento de novos produtos;
  • capacidade de fazer pesquisa de materiais e de fornecedores para a produção de maquetes, mock-ups ou protótipos.

3. Mercado de Trabalho

  • Indústria na área de produtos
  • Indústria na área de embalagens
  • Escritórios de Design
  • Consultor na área de Gestão de Design

4. Duração do Curso

2 anos

5. Critérios de Promoção, do Regimento Geral da UNIP

Art. 79-A. Da Avaliação da Aprendizagem para os Cursos Superiores de Tecnologia.

I - Rendimento Escolar
A apuração do rendimento escolar é feita por disciplina, conforme as atividades curriculares, abrangendo os aspectos de frequência e aproveitamento.
Assim, o aluno somente poderá ser aprovado e/ou prestar exames com o mínimo de 75% (setenta e cinco por cento) de frequência às aulas e demais atividades programadas para a disciplina.

II - Critérios de Promoção
Os critérios de promoção, envolvendo, simultaneamente, a frequência e o aproveitamento escolar, são os seguintes:
a) se a frequência do aluno for inferior a 75% (setenta e cinco por cento), ele estará reprovado na disciplina;
b) em caso contrário, serão feitas avaliações, assim distribuídas:

  • duas Notas do Professor (NP1 e NP2) para as atividades curriculares, com peso 4 (quatro) cada uma, na composição da nota semestral de cada disciplina;
  • uma nota referente ao Projeto Integrado Multidisciplinar (PIM), com peso 2 (dois) no cálculo da Média Semestral (MS) de cada disciplina. O aluno deverá entregar, obrigatoriamente, um Projeto Integrado Multidisciplinar (PIM) por semestre e a sua avaliação poderá ser consi­derada como parte da nota de uma ou mais disciplinas.

A Média Semestral (MS) será: MS = NP1 x 4 + PIM x 2 + NP2 x 4 / 10

I - se a MS for igual ou maior que 5,0 (cinco), o aluno estará aprovado na disciplina, naquele semestre.
II - se a MS for menor que 5,0 (cinco), o aluno será reprovado.
III - quando a MS for maior ou igual a 4,75 (quatro-­vírgula-setenta e cinco) e menor que 5,0 (cinco), a MS será arredondada para 5,0 (cinco). O desempenho do aluno é avaliado numa escala de 0 (zero) a 10 (dez).

c) a nota obtida no Projeto Integrado Multidisciplinar (PIM) não incide nas disciplinas cursadas em regime de Dependência, Adaptação ou Antecipação e nas disciplinas optativas ou eletivas. Para estas disciplinas, a MS será calculada pela média aritmética simples entre NP1 e NP2.
d) o aluno reprovado em período letivo que não seja oferecido no semestre seguinte deverá matricular-se em período indicado pela Coordenação do Curso.
e) se a média final do PIM for inferior a 5,0 (cinco), o trabalho será considerado insuficiente para a validação das 100 horas de atividade, ou seja, o aluno estará reprovado na disciplina PIM. Entretanto, esta nota fará parte da média final do aluno no semestre cursado.
f) Para as Atividades Complementares (AC), Estudos Disciplinares (ED) e Estágios Curriculares (EC) de alguns cursos será atribuído um conceito semestral (Aprovado ou Reprovado).

Atenção: A reprovação em uma ou mais disciplinas não impede o aluno de continuar seus estudos nos períodos seguintes.
Os casos omissos serão analisados por uma comissão especialmente indicada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão, CONSEPE.

III - Estudos Disciplinares
Os Estudos Disciplinares (ED) são unidades de estudos de caráter obrigatório nos cursos de graduação da Universidade Paulista – UNIP, constituindo um eixo estruturante de formação inter e multidisciplinar que perpassa todos os períodos dos cursos.
A carga horária dos ED é definida no projeto pedagógico de cada curso, considerando suas especificidades.
Os ED utilizam a resolução sistemática de exercícios, indutores do desenvolvimento das competências e habilidades para sua área de formação.
Os Estudos Disciplinares são desenvolvidos com recursos educacionais combinados do ensino presencial e da educação a distância, utilizando, entre outros, a plataforma de Tecnologia de Informação e Comunicação da UNIP.
A avaliação de desempenho dos alunos nos Estudos Disciplinares resultará da combinação do seu aproveitamento nas diferentes atividades.

 

Manual de Informações Acadêmicas e Calendário Escolar

Observação: o PPC está disponível também no setor de atendimento e nas bibliotecas.

Grade Curricular - Ingressantes 2019

Disciplinas Carga Horária
Atividades Complementares 100
Computação Gráfica 2D e 3D- Autocad / Modelagem 60
Composição e Projeto Gráfico 60
Comunicação Aplicada 60
Desenho de Expressão e Observação 60
Desenvolvimento de Embalagens 60
Direitos Humanos (Optativa) 20
Educação Ambiental (Optativa) 20
Empreendedorismo 60
Estudos Disciplinares 300
Ética e Legislação 60
Gestão de Projeto 60
História da Tecnologia e do Design 60
Língua Brasileira de Sinais (Optativa) 20
Marketing e Consumo 60
Matemática Aplicada e Geometria 60
Metodologia Científica 60
Modelos e Protótipos 60
Planejamento Estratégico 60
Princípios de Sistemas de Informação 60
Princípios e Aplicações de Materiais 60
Processo de Industrialização 60
Projeto Integrado Multidisciplinar 400
Relações Étnico-Raciais e Afrodescendência (Optativa) 20
Rendering Digital 60
Representação Gráfica Técnica 60
Teorias e Técnicas da Comunicação 60

Carga Horária Total: 2.020 horas-aula (1.683 horas)

INSCREVA-SE

VESTIBULAR   TRADICIONAL E AGENDADO   USE SUA NOTA DO ENEM

VESTIBULAR
TRADICIONAL E AGENDADO
  USE SUA NOTA DO ENEM