Você está em: Universidade Paulista / Pós-Graduação / Programas de Mestrado e Doutorado / Odontologia / Apresentaçao

Programa de Pós-Graduaçao em Odontologia

APRESENTAÇÃO

OBJETIVOS

O Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Paulista, nível de Mestrado e Doutorado tem o objetivo de oferecer um curso de qualidade que possibilite a formação de profissionais que apresentem domínio da área, competência para docência e inserção na graduação, perfil de pesquisador com habilidade de redigir trabalhos científicos de qualidade, além de estarem aptos a se inserir na sociedade e aplicar os conhecimentos adquiridos em prol da melhoria da saúde da população.
Espera-se que o egresso apresente domínio da área, competência para docência e inserção na graduação, perfil de pesquisador com habilidade de redigir trabalhos científicos de qualidade, além de estar apto a se inserir na sociedade e aplicar os conhecimentos adquiridos em prol da melhoria da saúde da população.

HISTÓRICO

O Programa de Pós-Graduação em Odontologia da Universidade Paulista, nível de mestrado, foi implantado em 1992 e credenciado pela CAPES em 30/07/1998.
Para a melhoria da qualidade do Programa, uma série de medidas foi tomada desde a alteração nas áreas de concentração, atualização da estrutura curricular, objetivando a coerência entre as áreas de concentração, linhas e projetos de pesquisa; adequação e renovação do corpo docente permanente, a partir de critérios de credenciamento e descredenciamento estabelecidos com base nos requisitos determinados pela Comissão de Área da CAPES para um docente permanente com perfil e produção intelectual necessários para a obtenção de conceito 4 (quatro).
Como resultado, houve melhoria em todos os indicadores culminando na obtenção do conceito 4 e aprovação do Programa de Doutorado, área de concentração: Clínica Odontológica.
O Programa de Pós-Graduação em odontologia, nível de Mestrado e Doutorado continuará a trajetória de constante adequação e aprimoramento de acordo com as orientações e recomendações da CAPES, a fim de oferecer um curso de qualidade que proporcione a inserção de docentes qualificados e atualizados no mercado de trabalho e que atendam à demanda da sociedade e do país.

ÁREA

Odontologia

ÁREAS DE CONCENTRAÇÃO

Clínica Odontológica

LINHAS DE PESQUISA

Linha 1 - Alterações dentofaciais: diagnóstico, prevenção e tratamento
Descrição: Estudo dos métodos de diagnóstico e prevenção das alterações dentofaciais com vistas a propor tratamentos adequados a cada fase de desenvolvimento dos pacientes.

Linha 2 - Diagnóstico das doenças do sistema estomatognático
Descrição: Estudo dos métodos de diagnóstico das doenças que acometem o sistema estomatognático com vistas a possibilitar um plano de tratamento adequado e individualizado.

Linha 3 - Prevenção e tratamento das doenças do sistema estomatognático
Descrição: Estudo dos métodos de prevenção e das possibilidades de tratamento das doenças que acometem o sistema estomatognático com vistas à manutenção da saúde e à reabilitação funcional e estética do paciente.

ÁREAS DE CONHECIMENTO

  • Cirurgia Bucomaxilofacial
  • Dentística
  • Diagnóstico Bucal – Semiologia
  • Implantodontia
  • Laser
  • Biomateriais
  • Odontopediatria
  • Ortodontia
  • Prótese
  • Periodontia

INFRAESTRUTURA:

A fim de concretizar seus objetivos institucionais e formar o egresso com o perfil adequado, a UNIP conta com infraestrutura que, de fato, possibilita o desenvolvimento das atividades propostas no Projeto Pedagógico do Curso de Pós-graduação em Odontologia. Assim, a UNIP oferece laboratórios de: Anatomia, Fisiologia, Bioquímica, Farmacologia e Microbiologia, Biologia Molecular, Microscopia, Patologia, Análises Clínicas, Dentística e Prótese, Biotério e laboratórios específicos que podem dar suporte às atividades laboratoriais do Curso de Mestrado em Odontologia. Os alunos possuem todo o apoio técnico especializado durante as atividades laboratoriais, tanto em horário de aulas, quanto nos horários livres, sempre sob a supervisão de um professor e um técnico.

Para tanto, destacam-se:

  • Biblioteca Especializada

Biblioteca com acervos atualizados atendem às bibliografias recomendadas, além de assinaturas de periódicos e revistas. A biblioteca oferece salas de estudos anexas com condições de conforto que atendem às necessidades dos estudantes. Proporciona várias “bases de dados” de consultas aos interessados com os registros mais relevantes abrangendo os diversos aspectos da Odontologia e ciências da Saúde. A Biblioteca da UNIP está estruturada de forma a dar suporte ao ensino e à pesquisa, numa instituição que Estatutariamente tem organização multi-campi, apresentando, portanto, Bibliotecas Setoriais com uma unidade central de informações, interligando todos os campi da Capital, via intranet.

  • Salas de aulas e auditórios amplos, iluminados e ergonômicos

Salas para aulas teóricas e seminários: a UNIP disponibiliza na pós-graduação salas para aulas teóricas, climatizadas, com microcomputadores, datashows, DVDs, telas, mesas e cadeiras; sala de alunos e sala de professores, ambas climatizadas, com mesas, cadeiras, microcomputadores conectados à internet de alta velocidade, incluindo o sistema wireless, scanner e impressora; 2 salas para Qualificações e Defesas climatizadas, que contam com datashows, microcomputadores, telas, cadeiras estofadas, mesa de cinco lugares destinada à banca.
Secretaria de pós-graduação, que dá suporte aos alunos e professores do programa.
Auditórios: no prédio da pós-graduação existem três auditórios com capacidade de 50, 150 e 600 lugares, que contam com toda a infraestrutura para a realização de cursos e eventos.

  • Centro de Detecção e Prevenção de Câncer Bucal

Como parte de uma política de responsabilidade e de inclusão social, a Universidade Paulista (UNIP) inaugurou, em 29 de outubro de 2007 o seu Centro de Prevenção e Detecção de Câncer Bucal, anexo ao campus Indianópolis,
O serviço destina-se ao tratamento gratuito da população, além da prevenção e do diagnóstico precoce da doença, que apresenta anualmente mais de 11 mil novos casos, muitos deles em estágios avançados, exigindo um tratamento mais invasivo, que nem sempre pode levar à cura, o que enfatiza a necessidade de um diagnóstico precoce destas enfermidades. Algumas pesquisas alertam para o fato de que apenas 10 a 15% dos casos de câncer bucal são diagnosticados em fase inicial.
Na verdade, a ocorrência do câncer bucal poderia ser bem menor se a população tivesse acesso às informações sobre a gravidade dessa anomalia, e, para evitá-la, soubesse, por exemplo, que fumo e o álcool, associados à falta de higiene bucal e à ausência de tratamentos dentários, são alguns dos fatores de risco.
E é justamente com o diferencial da prevenção, por meio da orientação, que o Centro de Detecção e Prevenção de Câncer Bucal da UNIP pretende alavancar mudanças comportamentais na população, em uma ação conjunta do Mestrado em Odontologia e da Graduação.
O Centro de Detecção e Prevenção de Câncer Bucal é equipado com consultório odontológico; armários; equipamento para filmagem e gravação de intervenções que possibilita a transmissão ao vivo para o teatro, anfiteatro e/ou salas de aula da pós-graduação; sala de espera anexa à sala de atendimento. Nesse Centro, os alunos de graduação e pós-graduação atuam orientados e supervisionados por professores do programa.

  • Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais (CEAPE)

O Centro de Estudos Atendimento a Pacientes Especiais da UNIP presta atendimento odontológico ambulatorial para pacientes com necessidades especiais. Realiza atividades de ensino para graduação e pós graduação e desenvolve pesquisa científica clínica e laboratorial. Estas três funções vêm ocorrendo de modo simultâneo e integrado, destacando nesses 15 anos de existência o importante papel social e de multiplicação de idéias e formação de profissionais.
A grande demanda de pacientes especiais e a sua dificuldade em conseguir tratamento odontológico na rede pública e privada reforçam o importante papel social do CEAPE.
Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais, que conta com equipamentos odontológicos para atendimento de pacientes com necessidades especiais e pacientes portadores do vírus HIV. Foi  recentemente reformulado, e oferece parceria para atendimento à população encaminhada pelos postos de saúde da Prefeitura do município de São Paulo e da UNIFESP.

  • Centro de Laser Odontológico

O Centro de Laser Odontológico do Programa de Mestrado da UNIP é equipado com laser de alta potência Nd:YAG (FAPESP 95/05322-6) e aparelhos de baixa potência (Diodo AsGaAl; Diodo associado a LED). Estes equipamentos permitem aos alunos e professores a realização de pesquisas na área de laser, utilizando o que existe de mais moderno e atual no seguimento.

  • Clínicas odontológicas

A Clínica Odontológica da pós-graduação é destinada à realização de pesquisas clínicas nas áreas de diagnóstico bucal, dentística, endodontia, implantodontia, periodontia e prótese. A clínica devidamente´climatizada, conta com 20 consultórios odontológicos, motores e kits de implante, equipamentos para pesquisas em periodontia como medidor de halitose, microscópio clínico, raio X, monitor automático de pressão arterial frequência cardíaca com oxímetro e eletrocardiograma; aparelho de sedação por Óxido Nitroso, negatoscópios,além de toda a infraestrutura básica para funcionamento da clínica.

  • Centro Cirúrgico

Alocado no prédio das clínicas odontológicas, o centro cirúrgico conta com duas salas de procedimento, vestiários para paciente e profissional, salas de expurgo e antissepsia, equipamentos para sedação com Óxido Nitroso.

  • Centro de Esterilização de Material

O Centro de Esterilização de Material conta com infraestrutura e equipamentos que estão de acordo com as  resoluções preconizadas pelos órgãos competentes.

  • Laboratório de Pesquisa em Clínica Odontológica

O Laboratório de Pesquisa em Clínica Odontológica está em fase de reforma, o que possibilitará a realização de pesquisas com materiais odontológicos. Novos equipamentos estão sendo alocados para o bom funcionamento do laboratório, que são: balança de precisão; centrífuga; banho-maria; balança analítica eletrônica; agitador magnético; agitador vórtex; ultrassom, embutidora; cortadeira; politriz; estufa; capela; além de equipamentos para a realização de ensaios de tração; microscópios de varredura.

  • Laboratório de Biologia Celular e Molecular

O Laboratório de Biologia Celular e Molecular conta com equipamentos de última geração que permitem o desenvolvimento projetos de pesquisas nas áreas básicas. Ocupa área de aproximadamente 200 m² dividida em três subáreas: Biologia Celular, Biologia Molecular, e Agentes Infeccioos.

  • Laboratório de Anatomia Patológica

Está equipado com estufas, geladeiras, micrótomos, microscópio com análise de imagem e outros.

  • Biotério e Laboratório de Experimentação Animal

A infraestrutura do Biotério e do Laboratório de Experimentação Animal está de acordo com os Princípios Éticos do Colégio Brasileiro de Experimentação Animal (COBEA), entidade filiada ao International Council of Laboratory Animal Science (ICLAS), e com as resoluções dos órgãos competentes para pesquisa em animais.

  • Herbário UNIP e o Laboratório de Botânica

Estes laboratórios recebem as amostras de plantas onde a identificação taxonômica do cada espécime é realizada, sob as lentes do curador do herbário.

  • Laboratório de fitoquímica

No Laboratório de fitoquímica são realizados os fracionamentos e a purificação de compostos oriundos dos extratos vegetais.

PARCERIAS INSTITUCIONAIS, INTERCÂMBIOS E CONVÊNIOS

O Programa tem mantido intercâmbios nacionais e internacionais, gerando, a partir dessas parcerias, produções técnicas e bibliográficas. A produção científica resultante dos intercâmbios pode ser observada nos trabalhos completos publicados, aceitos ou submetidos para publicação, onde constam os nomes dos participantes das parcerias.

PARCERIAS E INTERCÂMBIOS NACIONAIS

  1. PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE SÃO PAULO: o Programa de Mestrado, por meio do CEAPE - UNIP (Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais), em parceria com o Programa DST/AIDS da Prefeitura do Município de São Paulo oferece suporte aos 15 centros especializados do Município (norte, sul, leste, oeste e centro-oeste) para o diagnóstico e tratamento das doenças oportunistas da cavidade oral. A população de pacientes atendidos nos serviços de referência do Programa DST/AIDS é de aproximadamente 90 mil usuários. Além disso, pacientes oriundos de várias instituições e associações (Casas de Apoio, ONGs, Cruz Verde, APAE e outros) também são encaminhados ao CEAPE. Pesquisas frutos dessa parceria já foram apresentadas em vários congressos internacionais em outros países como Canadá, EUA, Alemanha, Espanha, Portugal, Suécia, Áustria e publicações também foram geradas em periódicos nacionais e internacionais. No ano de 2012, um Auxílio Regular à Pesquisa obtido junto à FAPESP (Outorgado: Prof. Elcio Magdalena Giovani) foi desenvolvido juntamente com alunos da Pós-Graduação e IC.
  2. UNIFESP - DEPARTAMENTO DE CIRURGIA BUCOMAXILOFACIAL: esta parceria permite atendimento integral ao paciente oncológico, cabendo ao Centro a aplicação de métodos educativos-preventivos, bem como diagnóstico e, no caso de detecção da doença, realizar os procedimentos locais necessários para a resolução do caso e encaminhar à UNIFESP para o tratamento sistêmico do paciente. Manuais explicativos para o autoexame foram desenvolvidos por alunos do Programa e são distribuídos a todos os pacientes que procuram atendimento nas clínicas da UNIP.  O Prof. Luciano participa da Coordenação do Centro de Reabilitação Bucomaxilofacial da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço da UNIFESP. Neste centro, são realizados os atendimentos ambulatoriais e cirúrgicos dos pacientes portadores de deformidades faciais oncológicas, onde são submetidos a procedimentos reabilitadores com implantes e próteses faciais. Esses pacientes têm parte do atendimento realizado no curso de Odontologia da UNIP, junto à Clínica de Reabilitação Facial da Pós-Graduação. A disciplina de Reabilitação Bucomaxilofacial do Programam de Mestrado da UNIP é realizada no ambulatório da UNIFESP, com alunos da UNIP participando das reuniões e atividades clínicas.
  3. HOSPITAL SÍRIO-LIBANÊS - LABORATÓRIO DE EXTRAÇÃO: Convênio com o Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio Libanês (IEP-HSL) para complementação dos estudos realizados na área de produtos naturais pelo Laboratório de Extração da UNIP. Há um projeto em andamento intitulado "Projeto Rio Negro", coordenado pelos pesquisadores Dr. Riad Naim Younes, Antonio Drauzio Varella, ambos da UNIP e pelo Dr. Luiz Fernando Lima Reis, do IEP-HSL, e conta com os pesquisadores Ivana Barbosa Suffredini e  Mateus Luís Barradas Paciencia, da UNIP, e Dr. Luiz Fernando Lima Reis, do IEP-HSL. Participam também do projeto alunos de IC, mestrandos e doutorandos. Os pesquisadores relacionados neste grupo, além de outros pesquisadores do IEP-HSL, da UNIP e externos, se reúnem periodicamente para discutirem, além dos assuntos relacionados ao andamento do projeto, outros projetos de pesquisa a serem desenvolvidos. O grupo já produziu em conjunto relatórios de pesquisa de projetos Fapesp (08/58706-8), quatro artigos científicos e mais de 20 trabalhos apresentados em congressos nacionais e internacionais, em pôster e oralmente, o que representa a solidificação do convênio.
  4. CENTRO DE SAÚDE DA VILA MARIANA: no ano de 2010 foi firmado um convênio com o Centro de Saúde da Vila Mariana para promover avaliação, propiciar atendimento e monitoramento da condição periodontal de pacientes diabéticos desta Unidade de Saúde. Pesquisas desenvolvidas a partir dessa parceria já foram apresentadas em congressos nacionais e internacionais e publicações em periódicos de impacto internacional foram obtidas. Até o presente momento, esta parceria contribuiu para o desenvolvimento do Auxílio Regular à Pesquisa obtido junto à FAPESP (Processo: 2011/50955-1, Outorgado: Profa. Fernanda Vieira Ribeiro) e para a produção dos seguintes artigos científicos: Almeida Abdo J, Cirano FR, Casati MZ, Ribeiro FV, Giampaoli V, Viana Casarin RC, Pimentel SP. Influence of dyslipidemia and diabetes mellitus on chronic periodontal disease. J Periodontol. 2013 Oct;84(10):1401-8. Ghiraldini B, Conte A, Casarin RC, Casati MZ, Pimentel SP, Cirano FR, Ribeiro FV. Influence of Glycemic Control on Peri-Implant Bone Healing: 12-Month Outcomes of Local Release of Bone-Related Factors and Implant Stabilization in Type 2 Diabetics. Clin Implant Dent Relat Res. 2015 Mar 30. [Epub ahead of print]. Conte A, Ghiraldini B, Casarin RC, Casati MZ, Pimentel SP, Cirano FR, Duarte PM, Ribeiro FV. Impact of type 2 diabetes on the gene expression of bone-related factors at sites receiving dental implants. Int J Oral Maxillofac Surg. 2015 Oct;44(10):1302-8. Outros projetos científicos estão sendo desenvolvidos atualmente por meio desta parceria, com a projeção de novas publicações.
  5. UNICAMP: docentes do Programa mantêm parceria com professores da UNICAMP para o desenvolvimento de pesquisas em conjunto, principalmente de projetos ligados às áreas de Microbiologia, Biologia Molecular e Periodontia, por intermédio do Prof. Márcio Zaffalon Casati.
  6. SECRETARIA DE SAÚDE DO RIO GRANDE DO NORTE: em parceria com a Clínica de Reabilitação Bucomaxilofacial, o professor Luciano Lauria Dib viaja a Natal (RN), três vezes ao ano, para realizar cirurgias em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), para fixação de implantes osseointegrados em pacientes portadores de severas deformidades faciais e maxilares oriundas de tratamento oncológico. Esses implantes são utilizados para retenção de próteses faciais reabilitadoras. 
  7. HOSPITAL DOS RINS E HIPERTENSÃO/UNIFESP: o Programa de Mestrado em Odontologia juntamente com o curso de graduação, por meio do CEAPE (Centro de Estudos e Atendimento a Pacientes Especiais), em parceria com o Hospital dos Rins e Hipertensão da UNIFESP, oferece suporte aos pacientes com insuficiência renal crônica, pré e pós-transplantados renais, atuando na prevenção da integridade da saúde bucal, preparando-os para a cirurgia e também na manutenção pós-cirurgia, evitando processos infecciosos, já que são esses os grandes facilitadores da rejeição do órgão transplantado, além de detectar prematuramente e realizar o diagnóstico e o tratamento das manifestações oportunistas na cavidade oral. Todos os semestres a equipe médica do hospital realiza uma oficina de capacitação aos alunos da graduação e da pós-graduação da UNIP, além de participar na discussão de casos clínicos dos alunos da UNIP, realizada no próprio Hospital, propiciando a elaboração de projetos de pesquisa em parcerias. O Hospital é selo ouro internacional e um centro de referência de extrema importância para a ciência, visto que no ano passado foram realizados 1030 transplantes (a maior quantidade de transplantes realizados no mundo), com um índice elevado de sucesso e com o mínimo grau de rejeição.
  8. UNIVERSIDADE DE GUARULHOS - UnG:  Em parceria já concluída, docentes do Programa estabeleceram atividades em colaboração com professores da UnG para o desenvolvimento de pesquisas em conjunto, especialmente relacionadas à Biologia Molecular associada à Periodontia. A parceria resultou na produção de artigos científicos em revistas de importante impacto internacional: Conte A, Ghiraldini B, Casarin RC, Casati MZ, Pimentel SP, Cirano FR, Duarte PM, Ribeiro FV. Impact of type 2 diabetes on the gene expression of bone-related factors at sites receiving dental implants. Int J Oral Maxillofac Surg. 2015 Oct;44(10):1302-8. Casarin RC, Casati MZ, Pimentel SP, Cirano FR, Algayer M, Pires PR, Ghiraldini B, Duarte PM, Ribeiro FV. Resveratrol improves bone repair by modulation of bone morphogenetic proteins and osteopontin gene expression in rats. Int J Oral Maxillofac Surg. 2014 Jul;43(7):900-6. Pimentel SP, Casati MZ, Cirano FR, Ribeiro FV, Casarin RV, Kirsten TB, Chaves-Kirsten GP, Duarte PM, Bernardi MM. Perinatal periodontal disease reduces social behavior in male offspring. Neuroimmunomodulation. 2013;20(1):29-38. Campos JM, Prati AJ, Cirano FR, Pimentel SP, Pastore GP, Pecorari VG, Ribeiro FV, Casati MZ, Casarin RC. Smoking Modulates Gene Expression of Type I Collagen, Bone Sialoprotein, and Osteocalcin in Human Alveolar Bone. J Oral Maxillofac Surg. 2015 Nov;73(11):2123-31.
  9. INSTITUTO DE MATEMÁTICA E ESTATÍSTICA DA USP: Docentes do Programa mantêm parceria com professores do Instituto de Matemática e Estatística do Departamento de Estatística da USP com objetivo de ampliar as análises e otimizar os dados obtidos nos estudos desenvolvidos pela UNIP.
  10. FACULDADE DE MEDICINA DA USP: Parceria entre os docentes Prof. Luciano Lauria Dib e Prof. Marcio Z. Casati junto à CLÍNICA DE DOENÇAS AUTOIMUNES (Segmento de Disciplina de Dermatologia da Faculdade de Medicina da USP), desde 2012. Essa parceria visa à produção de projetos de pesquisa científicos sobre doenças vesico-bolhosas e manifestações orais, com a participação de alunos de Pós-Graduação e dos professores da UNIP envolvidos. No ano de 2014 gerou uma dissertação de mestrado e um artigo científico submetido à publicação.
  11. UNIVERSIDADE DE ZÜRICH E DEPARTAMENTO DE MORFOLOGIA E GENÉTICA DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO: Docentes da UNIP estabeleceram parceria com estas instituições para o desenvolvimento de um aplicativo “Integrated Pain Support“ para o diagnóstico e tratamento de disfunções têmporomandibulares. Estão sendo desenvolvidos artigos científicos para dar respaldo ao sistema. Está sendo desenvolvido, também, um prontuário eletrônico específico para DTM a ser implementado na Unifesp.
  12. DEPARTAMENTO DE GESTÃO E INFORMÁTICA EM SAÚDE DA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO PAULO: Parceria estabelecida por intermédio da Profa. Cristina Feijó Ortolani, para o desenvolvimento, concepção e design de aplicativos na área de Odontologia. Foi criado na UNIP o grupo de pesquisa : Informática em Odontologia com participação de docentes e alunos de mestrado, doutorado e IC das duas instituições. Trata-se do único grupo de pesquisa na área no Brasil.
  13. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA - UNESP - SÃO JOSÉ DOS CAMPOS: Por intermédio do Prof. Dr. Alberto N. Kojima, docente do Depto de Materiais Odontológicos e Prótese da UNESP, estudos têm sido realizados na área de Extensometria - Ensaios Mecânicos de Materiais Odontológicos, com a colaboração do docente da UNIP, Prof. Alfredo Mesquita. Em 2012, foi aprovado Auxílio Pesquisa - Regular -FAPESP 2012/50560-0 - Valor: R$ 35.067,00 para a execução de pesquisas com essa parceria.
  14. UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC: Parceria estabelecida por meio da Profa. Martha Bernardi com o Núcleo de Núcleo de Cognição e Sistemas Complexos da Universidade Federal do ABC para o desenvolvimento de pesquisas ligadas à obesidade e aspectos reprodutivos. Essa parceria permitiu o estabelecimento de um a laboratório de Comportamento e Biologia Molecular na UFABC para trabalhos em conjunto com a UNIP.
  15. GRUPO PHARMACOPEIA: Por meio da docente Profa.  Maria Martha Bernardi e a Pharmacopeia Cil, Brasil, Empresa Farmacêutica, inscrição estadual - 206.082.640.117, CNPJ- 01.051.751/0001-08, esta parceria visa ao estudo de efeitos de fitoterápicos auxiliares de emagrecimento. Deste convênio resultaram dois relatórios técnicos, no ano de 2012, sobre “Perda de peso em ratos alimentados com ração hipercalórica e tratados com o fitoterápico 9611” e “ Perda de peso em ratos alimentados com ração hipercalórica e tratados com o fitoterápicos em diferentes proporções”. Adicionalmente, outras pesquisas vêm sendo desenvolvidas.
  16. FACULDADE DE MEDICINA VETERINÁRIA E ZOOTECNIA - UNIVERSIDADE DE SÃO PAULO: Com a participação da docente Profa.  Maria Martha Bernardi, esta parceria visa ao desenvolvimento de projetos de pesquisa, orientação e coorientação de alunos de pós-graduação na área de Toxicologia do Desenvolvimento. Desta colaboração resultaram trabalhos publicados em periódicos de impacto.
  17. CENTRO DE ENGENHARIA, MODELAGEM E CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS (CECS) DA UFABC: Com a participação da Profa. Maristela Dutra-Corrêa, esta parceria estabelecida com o Prof. Dr. Emery C. C. C. Lins, coordenador do curso na UFABC, visa ao desenvolvimento de pesquisas na subárea “Biofotônica e Óptica Biomédica aplicada à Odontologia”. Tal subárea se remete ao uso de técnicas e procedimentos das áreas de Óptica e Fotônica em estudos básicos e aplicados de diagnóstico e terapêutica das patologias orais e dentais, bem como à caracterização óptica dos materiais dentários.
  18. EMPRESA CONEXÃO SISTEMA DE PRÓTESES LTDA.: Projeto de cooperação entre o Prof. Luciano Lauria Dib e a empresa acima citada, para o desenvolvimento de um novo modelo de implante extraoral para utilização em reabilitação bucomaxilofacial. Este projeto conta com a participação de alunos de Pós-Graduação.
  19. UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO: projeto em conjunto com a Profa. Virgínia Martins Carvalho do Departamento de Análises Clínicas e Toxicológicas Faculdade de Farmácia da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Centro de Ciências da Saúde para o desenvolvimento do projeto: Efeitos da maconha no comportamento semelhante à abstinência em ratos expostos ao crack.
  20. INSTITUTO DE QUÍMICA DA USP (IQ-USP) E FACULDADE DE ODONTOLOGIA DA USP (FO-USP): Projeto de cooperação entre a Profa. Maristela Dutra-Correa e a FO-USP, através do Prof. Igor Studart Medeiros além do IQ-USP, através dos Professores: Koiti Araki e Sergio H Toma e o Laboratório de Extração da UNIP, através da Profa. Ivana Barbosa Suffredini para o desenvolvimento de novos biomateriais odontológicos com nanotecnologia.
  21. PROJETO SORRIA SÃO LUIS DO PARAITINGA: O projeto “Sorria São Luiz do Paraitinga” existe há mais ou menos 15 anos, tem como coordenadores Prof. Dr. Jose Carlos Petorossi Imparato e Prof. Dra. Sandra Echeverria. É feito atendimento gratuito a população nas áreas de odontopediatria, prótese, ortodontia, dentística e endodontia. Iniciou-se uma parceria com a UNIP com a participação da Profª. Cristina Lucia Feijó Ortolani e alunos do mestrado para atendimento e desenvolvimento de um prontuário eletrônico para Odontopediatria seguindo os preceitos do “Dental Pediatric EHR Consortium” das universidades americanas.
  22. UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA - UNESP - RIBEIRÃO PRETO: Docentes do Programa mantêm parceria com professores da Faculdade de Odontologia da UNESP - Ribeirão Preto para o desenvolvimento de pesquisas em conjunto, especialmente relacionadas à técnicas de biologia molecular em estudos para tratamento da periodontite e, futuramente, para avaliação tridimensional do reparo ósseo ao redor de implantes por meio de microtomografia digital computadorizada (Micro-Ct). A parceria já resultou em publicação de impacto relevante em periódico internacional: Moreira AL, Novaes AB Jr, Grisi MF, Taba M Jr, Souza SL, Palioto DB, de Oliveira PG, Casati MZ, Casarin RC, Messora MR. Antimicrobial photodynamic therapy as an adjunct to non-surgical treatment of aggressive periodontitis: a split-mouth randomized controlled trial. J Periodontol. 2015 Mar;86(3):376-86. doi: 10.1902/jop.2014.140392. Epub 2014 Nov 21.

INTERNACIONALIZAÇÃO

Por meio dos intercâmbios institucionais, o Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP vem incrementando o processo de internacionalização, tanto no desenvolvimento de pesquisas conjuntas, como na mobilidade docente e discente.  A Profa. Flávia Pires Rodrigues tem participado especificamente da viabilização dos processos de internacionalização do Programa. No ano de 2014-15, os Professores Flávia Pires Rodrigues e Adriano Fonseca de Lima participaram do programa de mobilidade docente (Visiting Fellow Program), junto à Universidade de Birmingham, ambos realizando pesquisas na área de Biomateriais. Como parte da parceria firmada com a Universidade de Gotemburgo, alunos desta universidade permaneceram durante um mês na UNIP, participando das disciplinas e atividades desenvolvidas pelo Prof. Luciano Lauria Dib. Ainda, iniciou-se o processo de parceria institucional entre a UNIP e a Universidade de Okayama. O Prof. Assaumi, representante da universidade japonesa, esteve em visita à UNIP e nessa ocasião foram discutidos os termos para a viabilização da parceria que prevê mobilidade docente e discente, para o desenvolvimento de pesquisas conjuntas. Adicionalmente, em 2015-16, dois alunos do Programa realizaram parte dos experimentos relativos às suas dissertações na Universidade de Toronto.
Parte do processo da Internacionalização do Programa pode ser caracterizada pelas parcerias e intercâmbios internacionais apontados abaixo:

PARCERIAS E INTERCÂMBIOS INTERNACIONAIS

  1. UNIVERSIDADE DE GOTEMBURGO/ SUÉCIA - Permanece, desde 2010, o intercâmbio internacional com visitas de professores de ambas as Universidades para ministrar aulas. No ano de 2013, o Professor Luciano Dib esteve na Universidade de Gotemburgo e ministrou palestras no programa de Pós-Graduação da Disciplina de Cirurgia Maxilofacial. No ano de 2014 recebemos na UNIP a Aluna de Pós Graduação da Universidade de Gotemburgo, Dra Shiva Raoufi, que realizou um programa de 1 mês de estágio junto ao programa de Pós-Graduação da UNIP, participando das atividades teóricas e clínicas da disciplina. No ano de 2010 (setembro e outubro), recebemos a visita do Professor Gosta Granstrom, que ministrou aulas aos alunos de graduação e pós-graduação da UNIP, além de ter participado na discussão de casos clínicos em sessões de clínica da pós-graduação e opinado em projetos de pesquisa dos alunos de pós-graduação. Realizou também workshop com apoio do Instituto Conexão Saúde, que contou com a presença (gratuita) de vários alunos de graduação e pós da UNIP. Seguindo esse plano de cooperação, no ano de 2011, houve encontros com professor Ganstrom no Uruguai, nos quais foram realizadas cirurgias em conjunto na Faculdade de Odontologia de Montevidéu.
  2. UNIVERSIDADE CATÓLICA DE LEUVEN (BÉLGICA) - Parceria firmada pelo docente Prof. Márcio Z. Casati em conjunto com Fábio Bezerra, aluno do Programa de Mestrado, que realizou e concluiu sua pesquisa na Universidade Católica de Leuven, no Departamento de Biomecânica (BMGO) da Faculdade de Engenharia, chefiado pelo Prof. Dr. Jos Vander Sloten. Toda a parte experimental foi realizada por meio da Análise de Elementos Finitos, sob a coordenação do Prof. Sigfried Jacques, responsável por este setor. O Prof. Dr. Roberto Pessoa, pesquisador do BMGO e da Universidade Federal de Uberlândia, intermediou a parceria e acompanhou, juntamente com o Prof. Márcio Z. Casati, o desenvolvimento deste projeto. Essa parceria  resultou na publicação: Pessoa RS, Bezerra FJ, Sousa RM, Vander Sloten J, Casati MZ, Jaecques SV. Biomechanical evaluation of platform switching: different mismatch sizes, connection types, and implant protocols. J Periodontol. 2014 Sep;85(9):1161-71.
  3. UNIVERSIDADE LAVAL (QUEBEC/CANADÁ) - Parceria estabelecida por meio do professor titular do Programa de Pós-Graduação e Graduação do Groupe de Recherche en Ecologie Bucalle, Prof. Dr. Reginaldo Bruno Gonçalves, com os docentes da UNIP na área de Periodontia. Esta parceria tem gerado pesquisas científicas e publicação de artigos em periódicos de impacto internacional. Há a proposta de promover trabalhos multicêntricos, voltados para o estudo da microbiota oral, especialidade do grupo de pesquisa canadense, fortalecendo as pesquisas desenvolvidas na UNIP. 
  4. UNIVERSIDADE DE ZURICH/SUIÇA - Por intermédio do Prof. Alfredo Mesquita e da Profa. Dra. Mutlu Özcan, do Departamento de Biomateriais Odontológicos da Universidade de Zurich, esta parceria atua no intercâmbio de conhecimento nas áreas de implantodontia e materiais dentários com enfoque em cerâmica odontológica.
  5. UNIVERSIDAD PERUANA CAYETANO HEREDIA - FACULTAD DE ESTOMATOLOGIA ROBERTO BELTRÃN - Área de medicina y patologio oral y maxillofacial /Área de atención estomatológica de pacientes especiales - para intercâmbio entre alunos da graduação e Pós-Graduação na troca de experiências no atendimento aos pacientes com necessidades especiais e os pacientes com manifestações orais.
  6.  UNIVERSIDADE DE TORONTO - Convênio firmado para realização de pesquisas na área de periodontia, visando especialmente o estudo aprofundado do uso do Resveratrol como modulador da resposta do hospedeiro frente à presença da doença periodontal e durante processos de reparo ósseo. Foram enviados alunos do programa de mestrado (Danilo Pino e Felipe Franck) para realização de parte de sua dissertação de mestrado no Laboratório da Universidade de Toronto, sob responsabilidade do Prof. Dr. John Davies e Prof. Dr. Howard Tenenbaum. Em função desse convênio firmado com a Universidade de Toronto, a Instituição recebeu a visita do Prof. Dr. Howard Tenenbaum, entre os dias 21 a 23 de outubro de 2015. Durante a visita do Prof. Dr. Tenenbaum, foram discutidos, com a participação de alunos de Iniciação Científica, Mestrado e Docentes do Programa de Pós-Graduação, resultados de pesquisas recentes desenvolvidas pela Instituição e traçadas estratégias para viabilização de novos projetos científicos entre as Universidades. Ainda, o Prof. Dr. Tenenbaum participou da Jornada Odontológica Científica Acadêmica da FOUNIP, apresentando a aula com o tema “Diagnóstico de Dor Facial”. Fruto dessa parceria, foi publicado o artigo “Systemic treatment with resveratrol and/or curcumin reduces the progression of experimental periodontitis in rats. Corrêa MG, Pires PR, Ribeiro FV, Pimentel SZ, Casarin RC, Cirano FR, Tenenbaum HT, Casati MZ. J Periodontal Res. 2016”. Outras produções científicas estão em andamento para publicação em periódicos de impacto.
  7. UNIVERSIDADE DE OKAYAMA - Em 2015, foi firmado o contrato de colaboração institucional entre a UNIP e a Universidade de Okayama. O Prof. Assaumi, representante da universidade japonesa, esteve em visita à UNIP e nessa ocasião foram discutidos os termos para a viabilização da parceria que prevê mobilidade docente e discente, para o desenvolvimento de pesquisas conjuntas.
  8. UNIVERSIDADE DE BIRMINGHAM (UoB), REINO UNIDO - Visando colaborações em pesquisa na área de Biomateriais (desenvolvimento de novos materiais poliméricos e análise de suas propriedades mecânicas, químicas e biológicas para fins de uso em adesivos dentinários, cimentos resinosos e compósitos odontológicos) e na área de Epigenética, os Professores do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP Flávia Pires Rodrigues, Denise Carleto Andia e Adriano Fonseca de Lima participaram do programa de mobilidade docente promovido pela Universidade de Birmingham (Brazil Visiting Fellow Scheme), realizando pesquisas nas áreas mencionadas. Os Profs. Owen Addison e William Palin desenvolvem pesquisa na área de Biomateriais em parceria com nossos docentes com vistas para futura mobilidade docente e discente. Prof. Owen Addison já realizou visita à UNIP em 2013 para apresentar as linhas de pesquisa que são desenvolvidas na Universidade de Birmingham, na Unidade de Biomateriais. Em projeto que pretende avaliar o impacto da incorporação de gases nas propriedades mecânicas e na formação de biofilme em resinas experimentais a base de metacrilato, sob coordenação da Profa Dra do Programa, Flávia Pires Rodrigues, o Prof. Owen Addison foi nomeado como Apoio Técnico do Auxílio à Pesquisa (Processo FAPESP 2014/17878-1). Este projeto tem parte desenvolvida no Reino Unido e também inclui duas alunas de Iniciação Científica da UNIP. O Prof. Dr. Adriano F. Lima avalia, em parceria com o Prof. William M. Palin do Departamento de Biomateriais da Universidade de Birmingham, a influência das cerâmicas utilizadas nos tratamentos restauradores odontológicos na transmissão de luz de diferentes comprimentos de onda utilizados na fotoativação de sistemas resinosos. Adicionalmente, buscam o desenvolvimento de cimentos e sistemas adesivos resinosos com maior reatividade, assim como melhores propriedades físico-mecânicas e biológicas, com o objetivo de melhorar o desempenho destes materiais nos procedimentos restauradores diretos e indiretos. Além disso, projetos na área de Epigenética, coordenados pela docente do Programa de Pós-Graduação em Odontologia da UNIP, Profa Dra Denise Carleto Andia, têm sido realizados em parceria com a Profa Dra Malgorzata Wiench, que é “Lecturer in Cancer Biology” na UoB.
    A parceria da UNIP com a UNIVERSIDADE DE BIRMINGHAM prevê a visita do Prof. William Palin e da Prof. Dr Malgorzata Wiench em 2016-17. Uma delegação da Universidade de Birmingham na área de Medicina, Odontologia e Imunologia realizou visita em Outubro de 2015 com nova visita do Prof Owen Addison prevista à UNIP.
  9. UNIVERSIDADE DE MANCHESTER, REINO UNIDO - Colaborações em pesquisa na área de Biomateriais têm sido concretizadas por meio da parceria da UNIP com a Universidade de Manchester, priorizando o entendimento do processo de polimerização (cinética e propriedades mecânicas dos materiais a base de metacrilato) por meio de testes experimentais e análise de elementos finitos. O Prof. David Christopher Watts e Dr. Nick Silikas desenvolvem pesquisas na área em parceria com nossos docentes com vistas para futura mobilidade docente e discente. Em projeto intitulado: 'Kinetics & magnitude of stress-transfer in model cavity preparations during photo-curing of bulk fill composites', o Prof. David C. Watts e seus colaboradores, um deles docente da UNIP, investigaram a cinética e a magnitude da transferência de tensões em modelos de cavidades com diferentes configurações de preparo durante a polimerização de compósitos odontológicos que não precisam ser polimerizados em incrementos, mas em passo único. Este projeto é parte de uma linha de pesquisa da UNIP (Análises por Elementos Finitos aplicadas à Odontologia) que tem parte desenvolvida no Reino Unido e também inclui alunos de Iniciação Científica da Instituição. A parceria prevê a visita dos docentes da Universidade de Manchester em 2016-17, a publicação dos resultados desse projeto finalizado em 2015, cujo artigo já foi submetido para apreciação.
    Adicionalmente, projetos em colaboração entre os Profs. David C. Watts e Adriano F. Lima vêm sendo realizados, com a análise das propriedades de novos sistemas resinosos odontológicos com diferentes sistemas de iniciação. O estabelecimento destas parcerias prevê a elaboração conjunta de diferentes estudos, com experimentos realizados tanto nos laboratórios da UNIP como da Universidade de Manchester, e visitas anuais dos docentes das duas instituições, promovendo e solidificando o intercâmbio institucional. Os frutos desta parceria começam a ser colhidos já em 2016, em um esforço conjunto da Universidade Paulista-UNIP, Faculdade de Odontologia de Piracicaba- UNICAMP e Universidade de Manchester, com duas publicações vinculadas no periódico Dental Materials (Qualis A1, IF: 3.931), relacionadas à linha de pesquisa em questão.
  10. UNIVERSIDADE DE MINNESOTA - ESTADOS UNIDOS - Desde 2010, o Prof. Dr. Jorge Perdigão - Professor titular do Departamento de Materiais Odontológicos e Dentística da Universidade de Minnesota - participa das pesquisas clínicas desenvolvidas pelas Profas. Dras. Cintia Helena Coury Saraceni e Maristela Dutra-Corrêa, com a participação de docentes da disciplina de Dentística do curso de graduação, alunos de mestrado e de IC. Das pesquisas realizadas, foram geradas apresentações em congressos internacionais e publicação de artigos em periódicos de impacto internacional. Novas pesquisas foram  iniciadas e estão em andamento, firmando a parceria estabelecida.
  11. UNIVERSIDADE DE ULM - ALEMANHA - O Prof. Kurt Faltin Junior mantém, desde 2001, intercâmbio técnico-científico com a Universidade, acima citada, por meio do Prof. F. G. Sander, chefe do Departamento de Ortopedia Facial.

 

AUXÍLIOS RECEBIDOS VIGENTES

Projeto: Caracterização biológica de sistemas resinosos experimentais contendo diferentes sistemas de iniciação.
Professor Responsável: Adriano Fonseca de Lima
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: 404519/2016-4
Auxílio Pesquisa: Chamada Pública MCT/CNPq - N º 01/2016 - Universal / Universal 01/2016 - Faixa A - até R$ 30.000,00
Valor: R$ 29.700,00

Projeto: Papel do resveratrol no controle das alterações ósseas associada à osteoporose: estudo em ratas ovariectomizadas
Professor Responsável: Suzana Peres Pimentel
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2015/24458-1
Valor em real: R$ 52.378,00
Valor em dólar: US$ 13.399,00

Projeto: Tratamento de bolsas residuais com Terapia Fotodinâmica em pacientes com histórico de periodontite agressiva. Avaliação clínica, microbiológica e imunoenzimática centrada no paciente
Professor Responsável: Mônica Grazieli Corrêa
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2016/12758-3
Valor em real: R$ 38.621,75
Valor em dólar: US$ 8.085,00

Projeto: Uso local de doxiciclina, associada ao debridamento periodontal, no tratamento da periodontite crônica em indivíduos diabéticos tipo-2.
Professor Responsável: Marcio Zaffalon Casati
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: 474661/2012-1 Universal
Valor: R$ 89.176,00

Projeto: Influência do resveratrol associado ao tratamento periodontal não cirúrgico de pacientes com periodontite agressiva generalizada. Avaliação clínica e imuno-inflamatória.
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro Cirano
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: 483634/2013-1
Valor : R$ 30.000,00

Projeto: Impacto do resveratrol em condições de risco: Avaliação dos processos de reparo ósseo e da periodontite experimental induzida em ratos diabéticos e expostos à fumaça do cigarro
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2014/09480-8 - Auxílio Pesquisa - Regular
Valores: R$ 83.013,75 mais U$ 71.327,71

Projeto: Efeito da curcumina na periodontite experimental e no reparo ósseo peri-implantar em ratos diabéticos
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: CNPQ/Universal 
Processo: 441464/2014-9
Valor: R$ 29.651,00

Projeto: Efeito da imunomodulação por meio do tratamento sistêmico com resveratrol e curcumina sobre a progressão da periodontite e artrite experimentais
Professor Responsável: Renato Corrêa Viana Casarin
Órgão de Fomento: CNPQ/Universal 
Processo: 442275/2014-5
Valor: R$ R$ 30.000,00

Projeto: Influência do Resveratrol Associado ao Tratamento Periodontal Não Cirúrgico de Pacientes Fumantes com Periodontite Crônica. Avaliação Clínica, Microbioló́gica e Imuno-Inflamató́ria.
Professor Responsável: Marcio Zaffalon Casati
Órgão de Fomento: CNPQ/Universal 
Processo: 461668/2014-9
Valor: R$ 86.000,00

Projeto: Impacto da incorporação de gases na formação de biofilme e nas propriedades de resinas experimentais à base de metacrilato.
Responsável: Flávia Pires Rodrigues; Pesquisador Associado: Maristela Dutra-Correa; Apoio Técnico: Ivana Barbosa Suffredini
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2014/17878-1 – Auxílio à Pesquisa – Regular
Valor: R$48.024,72

Projeto: Influência do estresse no comportamento sexual de ratos tratados com diferentes dose de ivermectina: estudos comportamentais, endócrinos, moleculares e histológicos.
Professor Responsável: Maria Martha Bernardi
Órgão de Fomento: CNPQ/Universal 
Processo: 441580/2014-9
Valor: R$ 98.609,07 

Projeto: Regulação epigenética em células mesenquimais humanas
Professor Responsável: Denise Carleto Andia
Órgão de Fomento: FAPESP – Jovem Pesquisador
Processo: 2013/09650-8
Valor: R$ 200.354,20 mais US$ 19.389,00

Projeto: Estudo clínico, prospectivo, randomizado, paralelo e de boca dividida sobre a influência de diferentes macrogeometrias e tratamentos de superfície de implantes dentais inseridos em pacientes fumantes. Aspectos clínicos e imunológicos.
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro Cirano
Empresa de Fomento: SIN - Sistema de Implante Nacional 
Valores: R$ 131.200,00 de auxílio pesquisa; R$ 76.000,00 de materiais produzidos pela empresa que serão utilizados para o desenvolvimento do projeto

AUXÍLIOS CONCLUÍDOS

Projeto: Terapia Fotodinâmica no Tratamento da Doença Periodontal. Avaliacão Clínica, microbiológica e imunoenzimática.
Professor Responsável: Márcio Zaffalon Casati
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: 2010/51218-8 Auxílio Pesquisa –Regular
Valor: R$ 73.480,00

Projeto: Avaliação da integridade da rugosidade de superfície de implantes de titânio submetidos à inserção óssea
Professor Responsável: Luciano Lauria Dib
Órgão de Fomento: CNPq
Processo: Edital MCT/CNPq N º 14/2010 – Universal
Valor: R$ 9.877,67

Projeto: Mucosite peri-implantar experimental em fumantes: Avaliação clínica, imunológica e microbiológica da influência do tabagismo e do triclosan no desenvolvimento do processo inflamatório
Professor Responsável: Suzana Peres Pimentel
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2011/51037-6 – Auxílio Pesquisa – Regular
Valor: R$ 49.543,25

Projeto: Efeito do controle glicêmico de diabéticos tipo II no reparo ósseo peri-implantar
Professor Responsável: Fernanda Vieira Ribeiro
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2011/50955-1 – Auxílio Pesquisa – Regular
Valor: R$ 47.823,60

Projeto: Avaliação por extensometria da deformação superficial do osso gerada por próteses sobre implantes com diferentes conexões e pilares protéticos em função do cantlever.
Professor Responsável: Alfredo Mikail Melo Mesquita
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2012/50560-0 - Auxílio Pesquisa - Regular
Valor: R$ 35.067,00

Projeto: Estudo clínico randomizado da terapia fotodinâmica no tratamento periodontal de pacientes em aids e com falência terapêutica da haart
Professor Responsável: Elcio Magdalena Giovani
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2011/17912-7 - Auxílio Pesquisa - Regular
Valor: R$ R$ 46.924,29

Projeto: Efeito do Resveratrol no modelo de periodontite experimental induzida em ratos: Avaliação morfométrica e imunoenzimática.
Professor Responsável: Fabiano Ribeiro Cirano
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2012/50487-0 – Auxílio Pesquisa – Regular
Valor: R$ 25.048,00

Projeto: Avaliação do uso de nanoesferas de Poly (l-lactide-co-glycolide) contendo doxiciclina como adjunto ao tratamento da periodontite crônica em indivíduos diabéticos tipo-2. Estudo clínico, microbiológico e imunoenzimático.
Professor Responsável: Prof. Renato Corrêa Viana Casarin
Órgão de Fomento: FAPESP
Processo: FAPESP 2012/50877-3
Valor: R$ 142.235,60


ALUNOS CONTEMPLADOS COM BOLSAS

Mestrado
Alunos com Bolsa UNIP

  • Bruna Neves da Silva Atzei
  • Bruno Barros Biazzini
  • Cristiane Caram Borgas Alves
  • Denise Nishii
  • Edson Ken Matumoto
  • Gisele Pavão Spaulonci
  • Gustavo Henrique Machado Nogueira da Mota
  • Ingrid Franco Delgado
  • Karina Célia Verzola Duarte
  • Marcelo Augusto Fonseca
  • Maria Eugenia Zanata Milléo
  • Paula Rodrigues Pires
  • Regina Maria Albuquerque Bari Tacola
  • Ricardo Fernando Porto Drygala Junior
  • Rodolfo Georgevich Neto
  • Sandro Michelini
  • Tarciso Penha Junior
  • Thiago Westphal da Silva

Alunos com Bolsa CAPES/PROSUP

  • André Luis Seferian Óbice
  • Andréia Manetta Molez
  • Celeste Cecilia Urdaniga Hung
  • Débora Elias Calabro
  • Marina Struncová Fernandes
  • Mônica de Abreu Pessoa Rodrigues
  • Pedro Miguel Vera Barbaran
  • Roberta Simoni Ilinsky
  • Rodrigo Soler Zamai
  • Thais Tonon de Angelo
  • Walderez Thomé Testa

Doutorado
Alunos com Bolsa UNIP

  • Alexandre Conte
  • Alexandre Javaroni Prati
  • Ana Paula Granja Scarabel Nogueira Bella
  • Arthur Georg Schmidt
  • Camila Correia dos Santos
  • Fátima Cristina Carneiro Marques
  • Hatsuo Kubo
  • Helder Massaro
  • Jesuino Irineu Argentino Junior
  • Kelly Cristine Tarquinio Marinho
  • Lívia Eisler Pompeia
  • Luciano Mauro Del Santo
  • Marcelo Vitale
  • Nádia Altobello Abatayguara Adametes
  • Renata de Vasconcellos Moura
  • Ricardo Matsura Kodama
  • Ricardo Salgado de Souza
  • Rodrigo Ramires Borbolla
  • Ruth Ydania Andia Merlin
  • Selma Regina dos Santos Almeida
  • Tais Pereira Leal
  • Vanesa Harumi Kiyan

Alunos com Bolsa CAPES/PROSUP

  • Bruna Ghiraldini
  • Fernanda Kabadayan Dias
  • Lucas Massaru Nomiyama
  • Marcelo Ribeiro Bergamini
  • Rita Catia Bras Bariani
  • Rodrigo Ernesto Salazar Gamarra
  • Vanessa Haguihara Luchesi

Bolsas FAPESP

Aluno: Giovana Lecio Miranda
Docente: Prof. Renato Corrêa Viana Casarin
Titulo: Avaliação do uso de nanoesferas de Poly (l-lactide-co-glycolide) contendo doxiciclina como adjunto ao tratamento da periodontite crônica em indivíduos diabéticos tipo-2.
Processo: 2012/22492-0

Aluno: Bruna Ghiraldini
Docente: Profa. Fernanda Vieira Ribeiro
Titulo: Papel do controle glicêmico de diabéticos tipo II na estabilidade de implantes dentais e no padrão de expressão gênica de marcadores do tecido ósseo.
Processo: 2012/21231-8

Bolsistas de Pós-Doutorado

Bolsista PNPD:

  • Bruno Braga Benatti – Vigência: novembro de 2013 a novembro de 2014 – Bolsa nº 1273435.
  • Ana Paula Oliveira Giorgetti Bossolan – Vigência: janeiro de 2015 a dezembro de 2017 – Bolsa nº 1464668.

Bolsista FAPESP:

  • Mônica Grazieli Corrêa – Vigência: fevereiro de 2013 a outubro de 2015. 

© 1999-2017 - Universidade Paulista - Todos os direitos reservados.